MODA: Bruna Marquezine se emociona em entrevista com Silvia Braz durante a Paris Fashion Week

Imagem
A atriz e a comunicadora se encontraram no quarto de hotel da atriz que se emocionou ao falar de família, carreira, escolhas pessoais e sua auto descoberta por meio da moda Silvia Braz entrevista Bruna Marquezine | Créditos Marlon Brambilla Durante a Semana de Moda de Paris que acontece até terça-feira (5), Silvia Braz conduziu entrevista exclusiva com a atriz Bruna Marquezine que em meio a lágrimas e risadas, contou percepções da sua vida pessoal e espetacular carreira que iniciou aos 5 anos de idade.   Surpreendendo seus espectadores, Silvia Braz inovou ao direcionar os holofotes não só às passarelas, mas também às brasileiras inspiradoras. Na entrevista, Bruna Marquezine se abriu em uma conversa franca e reveladora. Emocionada revelou "Sempre que eu falo que comecei a trabalhar com 5 anos as pessoas pensam: 'nossa, a mãe dela deve ser mãe de miss'. Eu quero falar disso e eu fico com vontade de chorar porque eu hoje, muito nova, conquistei muita coisa.

SAÚDE: Noite mal dormida têm relação com diabetes

A fragmentação do sono profundo pode piora o controle da glicose nos diabéticos


Especialistas em medicina do sono têm procurado estabelecer uma correlação entre o diabetes e noites mal dormidas pelos pacientes. Ensaios sugerem uma relação entre o controle glicêmico e as medidas do sono, incluindo duração e qualidade do sono.

 

Segundo Dr. Gleison Guimarães, médico especialista em Pneumologia pela UFRJ e pela Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), o controle glicêmico ruim é encontrado no diabetes, uma das doenças mais comuns, graves e não transmissíveis em todo o mundo. "Atualmente, a relação entre estágios específicos do sono, incluindo sono de ondas lentas, também chamado sono 3 do não REM (N3), um estágio encontrado principalmente no início da noite e ligado ao efeito restaurador e o controle glicêmico, permanece pouco clara", conceitua.

 

O médico informa que esta revisão sistemática teve o objetivo de sintetizar a evidência da eficácia da manipulação específica com a intenção de fragmentar o estágio do sono N3 e comparar as medidas de controle glicêmico — resistência à insulina, glicose e insulina pós-prandial. "Bancos de dados públicos como, por exemplo, psychINFO, MEDLINE, Academic Search Complete, psychARTICLES, OpenDissertations, Scopus e biblioteca Cochrane, foram pesquisados para realização de ensaios controlados randomizados para explorar o impacto nas medidas de controle glicêmico (resistência à insulina, jejum e glicose e insulina pós-prandial) envolvendo manipulação direta do sono de ondas lentas  e/ou do sono REM", relata.

 

De acordo com o pneumologista, a resistência à insulina foi significativamente maior na interrupção do sono de ondas lentas (N3) quando comparada à condição normal de sono. "Não foram encontradas diferenças significativas para medidas de jejum ou glicose ou insulina pós-prandial", declara. 

 

Por outro lado, o médico informa que "esta é uma área emergente de pesquisa, e a revisão fornece descobertas preliminares e recomendações para pesquisas futuras sobre a otimização da interrupção do estágio do sono, para explorar ainda mais a Promocao de qualidade do sono para explorar possíveis intervenções também no controle glicêmico", finaliza.

 

Sobre Gleison Guimarães 

É médico especialista em Pneumologia pela UFRJ e pela Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), especialista em Medicina do Sono pela Associação Brasileira de Medicina do Sono (ABMS) e também em Medicina Intensiva pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB). Possui certificado de atuação em Medicina do Sono pela SBPT/AMB/CFM, Mestre em Clínica Médica/Pneumologia pela UFRJ, membro da American Academy of Sleep Medicine (AASM) e da European Respiratory Society (ERS). É também diretor do Instituto do Sono de Macaé (SONNO) e da Clinicar – Clínicas e Vacinas, membro efetivo do Departamento de Sono da SBPT. Atuou como coordenador de Políticas Públicas sobre Drogas no município de Macaé (2013) e pela Fundação Educacional de Macaé (Funemac), gestora da Cidade Universitária (FeMASS, UFF, UFRJ e UERJ) até 2016. Professor assistente de Pneumologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro – Campus Macaé.

Para mais informações, acesse https://drgleisonguimaraes.com.br/ ou pelo Instagram @dr.gleisonguimaraes e no Twitter @drgleisonpneumo.









FAÇA PARTE DA MAIOR REDE DE DIVULGAÇÃO NA INTERNET

Clique AQUI ou fale no WHATSAPP e divulgue seu negócio, marca, produto ou serviço em diversos sites e perfis das redes sociais. 




SIGA NAS REDES SOCIAIS



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE







VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

MODA: Podyh AW24

NEGÓCIOS: Franquias que faturam ainda mais no verão, conheça opções para diversificar (e esquentar) seus investimentos

NEGÓCIOS: Startups do Cubo Itaú recebem R$2,8 bilhões de investimento em 2023

NEGÓCIOS: San Paolo reforça time de marketing para acelerar expansão da marca no Brasil

MODA: C&A lança segunda coleção de jeans rastreável em parceria com o movimento Sou de Algodão

NEGÓCIOS: Dia Internacional da Mulher, 10 empreendedoras para conhecer e se inspirar

DECORAÇÃO: Com Casa 214, Boticário aposta em mercado em ascensão e anuncia a chegada de produtos focados em aromas para casa

TURISMO: Fairmont Rio de Janeiro anuncia a segunda edição do Fairmont Rio Golf Weekend

NEGÓCIOS: Skala Cosméticos recebe investimento estratégico da Advent