INCLUSÃO: Parque Dom Pedro exibe "Masha e o Urso, Diversão em Dobro" em sessão adaptada para crianças com distúrbios sensoriais

Imagem
Desenvolvida para o público neurodiverso, Sessão Azul inicia o ano no empreendimento neste sábado, 24, e todos pagam meia-entrada "Masha e o Urso: Diversão em Dobro" estreou recentemente nos cinemas brasileiros (Foto: Divulgação)   O Parque Dom Pedro, administrado pela ALLOS – a maior e mais inovadora plataforma de serviços, entretenimento, lifestyle e compras da América Latina –, realiza, neste sábado, 24, a primeira edição de 2024 da Sessão Azul, quando a sala de cinema é adaptada para receber crianças com distúrbios sensoriais diversos. Neste mês, o filme escolhido pelo público foi "Masha e o Urso: Diversão em Dobro". Na Sessão Azul, todos pagam meia-entrada e os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Kinoplex ou pelo site Ingresso.com .   Durante a Sessão Azul, a sala fica com as luzes adaptadas, o som mais baixo e a plateia pode se movimentar à vontade, durante toda a exibição. Também não há exibição de trailers comerciais antes do filme.

NEGÓCIOS: PMEs avançam 3,7% em março

    Atacado puxa desempenho do Comércio no IODE-PMEs - que cresceu timidamente no período (+0,5% ante mar/22)

 

Em março de 2023, o Índice Omie de Desempenho Econômico das PMEs (IODE-PMEs) mostra que a média da movimentação financeira real das pequenas e médias empresas brasileiras (PMEs) cresceu 3,7% em relação a março de 2022. O índice, que havia iniciado 2023 no campo negativo ao recuar entre dezembro e janeiro, já registra a segunda expansão consecutiva. Na comparação direta com fevereiro de 2023, o indicador avançou 10,5% - confirmando a virada sazonal esperada após o primeiro bimestre de cada ano.

O IODE-PMEs funciona como um termômetro econômico das empresas com faturamento de até R$50 milhões anuais, consistindo no monitoramento de 660 atividades econômicas que compõem quatro grandes setores: Comércio, Indústria, Infraestrutura e Serviços.

O crescimento do indicador no último mês acompanha a recuperação observada na confiança de consumidores, além da redução das pressões inflacionárias no país. O índice de confiança do consumidor da FGV (ICC-FGV) avançou em março (+2,5 pontos), diante da melhora da percepção da situação atual e de expectativas mais positivas dos consumidores para os próximos meses. O IPCA – IBGE (índice oficial de inflação do país), por sua vez, apresentou resultado abaixo do esperado pelo mercado em março, tendo encerrado o mês com uma variação acumulada em 12 meses de 4,65% - valor mais baixo do índice desde janeiro/21. 

Figura 1: IODE-PMEs (Número índice – base: média 2021=100)

                                                                                      Fonte: IODE-PMEs (Omie)

Felipe Beraldi, gerente de Indicadores e Estudos Econômicos da Omie, plataforma de gestão (ERP) na nuvem explica que, segundo as aberturas setoriais do IODE-PMEs, o bom resultado do mercado de PMEs em março foi disseminado entre os setores monitorados. "No mês, a movimentação financeira real média foi puxada, sobretudo, pelos setores de Serviços (+2,4%) e Infraestrutura (+2,8%). Especificamente em Serviços, o avanço do IODE-PMEs em março foi ocasionado pela expansão em segmentos como 'Atividades de serviços financeiros', 'Atividades jurídicas, de contabilidade e de auditoria' e 'Atividades de serviços pessoais'", afirma Felipe.

Adicionalmente, o IODE-PMEs também mostra que, em março, houve crescimento da movimentação financeira real das PMEs da Indústria (+1,9%) – após cinco quedas consecutivas nos meses anteriores. A performance positiva do setor no último mês foi verificada sobretudo nos segmentos: 'Fabricação de móveis', 'Fabricação de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos, e 'Confecção de artigos do vestuário e acessórios'.

Por fim, os dados recentes do IODE-PMEs mostram avanço, relativamente mais tímido do Comércio, em março/23 (+0,5% ante março/22), sustentado pelo crescimento observado no comércio atacadista. As PMEs do comércio atacadista viram a média da sua movimentação financeira real aumentar 1,6% no período (ante março/22), em oposição ao verificado no comércio relacionado à veículos (-0,9%) e no segmento varejista (-2,0%).

"O bom desempenho da movimentação financeira real das PMEs brasileiras no período recente é um alento diante de um ambiente macroeconômico ainda conturbado. Em linhas gerais, a recente melhora da confiança dos consumidores e o alívio observado na inflação do país trazem efeitos benéficos para os negócios dos empreendedores brasileiros", diz Felipe.


Para conhecer mais sobre as novidades da Omie, não deixe de conferir nossos canais:

Instagram: https://bit.ly/3lO2p16
LinkedIn: https://bit.ly/3lOugy3
Facebook: https://bit.ly/3LU8Qud
Site: https://bit.ly/3Gqk6gE
Blog: https://bit.ly/3wR6pV0

 

Por @oblogueirooficial



SIGA NAS REDES SOCIAIS



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE



.

MAIS ACESSADAS:

Tecnologia excludente

TECNOLOGIA: Modernização tecnológica contribui para sustentabilidade e melhora imagem de empresa para clientes e investidores

LITERATURA: Existe relacionamento perfeito?

NEGÓCIOS: Agrishow 2023

BELEZA: Especialista analisa os procedimentos estéticos dos participantes do BBB 23 "Exagerou"

Literatura empodera mulheres

NEGÓCIOS: Concretizando internacionalização, Agrotools anuncia diretor de operações na América do Norte

DECORAÇÃO: Design Dopamina

ENTRETENIMENTO: NFT.Brasil