TURISMO: Pool Villas, uma experiência para férias inesquecíveis na Bahia

Imagem
Tivoli Ecoresort Praia do Forte eleva o conceito de hospedagem com suas exclusivas Pool Villas em uma jornada única em meio à natureza e sofisticação  . Foto: Divulgação    Pool Villas Tivoli Ecoresort Praia do Forte O Tivoli Ecoresort Praia do Forte, eleito Melhor Resort de Praia da América do Sul pela World Travel Awards, oferece uma opção de hospedagem única e inesquecível: as Pool Villas. São casas de alto padrão, construídas com materiais sustentáveis, que combinam conforto, privacidade, serviços personalizados aos hóspedes e integração com a deslumbrante natureza da Bahia.   Com apenas 6 unidades, cada Pool Villa conta com três suítes no térreo, com banheiros projetados para proporcionar uma vista panorâmica do exuberante paisagismo exterior. A área social, localizada no piso superior, inclui uma espaçosa sala de estar com ventilação natural, cozinha e uma piscina privativa. Com 320m² de muito conforto, as Pool Villas são construídas com materiais que minimizam o impa

NEGÓCIOS: Indústria de dispositivos médicos brasileira visa mercado europeu


O Brazilian Health Devices, programa resultante da parceria entre a ABIMO e a ApexBrasil reúne 17 empresas brasileiras durante a feira MEDICA que será realizada entre 13 e 16 de novembro na Alemanha


São Paulo, novembro de 2023 – Com foco no mercado europeu, que em 2022 foi responsável pela importação de aproximadamente US$ 200 milhões em produtos do setor, o pavilhão nacional promovido pelo Brazilian Health Devices (BHD), projeto setorial da Associação Brasileira da Indústria de Dispositivos Médicos (ABIMO) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), estará pela 21ª vez presente na feira MEDICA. Considerada a maior do segmento médico-hospitalar do mundo, a feira será realizada entre os dias 13 e 16 de novembro em Düsseldorf, na Alemanha.   

As 17 fabricantes brasileiras que estarão presentes no pavilhão apresentarão o que há de mais moderno na produção nacional em equipamentos médicos, ortopedia e laboratório. Na edição de 2022, que recebeu mais de 80 mil visitantes, o pavilhão do Brasil fechou US$ 3,5 milhões em negócios após os executivos se conectarem com mais de 1.300 contatos. 

"Estamos na MEDICA há mais de duas décadas e o evento cresce a cada ano. Além de uma excelente plataforma para a abertura de novos mercados, a feira nos permite colocar o Brasil na rota dos principais fabricantes de produtos para a saúde do mundo", comenta Larissa Gomes, gerente de projetos e marketing internacional da ABIMO. 

Ponto de encontro de cerca de 4.500 marcas advindas de 60 países, a feira é um marco no calendário de saúde global. CEO da ScavMedical, Raphael Gomes Scavone está com a expectativa bastante alta, já que será a primeira participação da empresa. "Esse tipo de feira representa uma oportunidade única para nos conectarmos com outras empresas, apresentarmos nossos produtos e serviços, além de conhecermos as últimas tendências e inovações do mercado", comenta. 

Para o executivo, será o momento ideal para o lançamento de um novo produto do portfólio da companhia. "Somos uma empresa jovem e em desenvolvimento, e realizamos grandes esforços e investimentos para iniciar nossa internacionalização. A MEDICA é uma oportunidade para aumentarmos a visibilidade da nossa marca e expandirmos nossos negócios. Estamos confiantes", completou, agradecendo pelo suporte do Brazilian Health Devices para a participação da companhia no evento alemão. 

Com perspectivas de negócios para diversos perfis de empresas, a MEDICA recebe marcas em fase inicial de internacionalização, bem como aquelas que já estão consolidadas no mercado, que é extremamente competitivo. É o caso da Ortho Pauher, que exporta há mais de 20 anos. "Já estivemos outras vezes na MEDICA e estamos muito otimistas. Entramos em contato com alguns visitantes através do aplicativo Matchmaking. Essa ação prévia é muito útil para identificarmos aqueles que têm interesse em nossos produtos para, então, já deixarmos visitas agendadas ao nosso estande durante a feira", explica Mirely Gomes, gerente de exportação da marca. 


 Relação entre Brasil e Europa 


Por ser a maior feira do setor do mundo, a MEDICA recebe visitantes e compradores de diversos países. Como acontece na Europa, o público europeu naturalmente se faz mais presente, o que também é atrativo para as fabricantes brasileiras, já que o continente é o segundo maior em volume de importação de dispositivos brasileiros, perdendo apenas para o americano. 

Em 2022, por exemplo, a indústria nacional exportou quase US$ 200 milhões para a Europa - Bélgica, Irlanda e Alemanha foram alguns dos principais destinos da produção brasileira. 



CLIQUE AQUI E FALE COMIGO PARA ANUNCIAR SEU NEGÓCIO E
FAZER PARTE DA MAIOR REDE DE DIVULGAÇÃO NA INTERNET !




MAIS ACESSADAS:

Tecnologia excludente

TECNOLOGIA: Modernização tecnológica contribui para sustentabilidade e melhora imagem de empresa para clientes e investidores

LITERATURA: Existe relacionamento perfeito?

NEGÓCIOS: Agrishow 2023

BELEZA: Especialista analisa os procedimentos estéticos dos participantes do BBB 23 "Exagerou"

Literatura empodera mulheres

NEGÓCIOS: Concretizando internacionalização, Agrotools anuncia diretor de operações na América do Norte

DECORAÇÃO: Design Dopamina

ENTRETENIMENTO: NFT.Brasil