TURISMO: Pool Villas, uma experiência para férias inesquecíveis na Bahia

Imagem
Tivoli Ecoresort Praia do Forte eleva o conceito de hospedagem com suas exclusivas Pool Villas em uma jornada única em meio à natureza e sofisticação  . Foto: Divulgação    Pool Villas Tivoli Ecoresort Praia do Forte O Tivoli Ecoresort Praia do Forte, eleito Melhor Resort de Praia da América do Sul pela World Travel Awards, oferece uma opção de hospedagem única e inesquecível: as Pool Villas. São casas de alto padrão, construídas com materiais sustentáveis, que combinam conforto, privacidade, serviços personalizados aos hóspedes e integração com a deslumbrante natureza da Bahia.   Com apenas 6 unidades, cada Pool Villa conta com três suítes no térreo, com banheiros projetados para proporcionar uma vista panorâmica do exuberante paisagismo exterior. A área social, localizada no piso superior, inclui uma espaçosa sala de estar com ventilação natural, cozinha e uma piscina privativa. Com 320m² de muito conforto, as Pool Villas são construídas com materiais que minimizam o impa

ARTE: MARP recebe exposição ‘Territórios’, da artista visual Marcia Gadioli

Mostra estará aberta para visitação entre 26 de janeiro e 2 de março e conta com mais de 50 obras produzidas em diferentes meios: vídeos, fotografia analógica e livros de artista. Marcia Gadioli utiliza a fotografia como principal meio de expressão, sua pesquisa aborda a paisagem urbana e a memória

 

Como as transformações das paisagens urbanas podem afetar a memória das pessoas? É a partir deste questionamento que a artista visual paulistana Marcia Gadioli conduz suas pesquisas que resultaram na exposição "Territórios", que será aberta na próxima sexta-feira, dia 26 de janeiro, no MARP – Museu de Arte de Ribeirão Preto Pedro Manuel-Gismondi. A mostra, com curadoria do artista Eder Ribeiro, poderá ser visitada até o dia 2 de março (de terça a sexta, das 9h30 às 12h e das 13h às 17h30 e aos sábados - 27/01, 10/02 e 02/03, das 9h às 15h (exceto feriados e pontos facultativos).

 

A exposição reúne a produção dos últimos dez anos da artista, desde sua primeira pesquisa sobre a paisagem urbana de São Paulo, até suas últimas experimentações com meios e processos fotográficos alternativos. O conjunto é formado por mais de 50 obras produzidas em diferentes meios: vídeos, fotografia analógica e livros de artista. Marcia é uma pesquisadora das consequências das alterações urbanas na memória do indivíduo, utilizando a fotografia como principal linguagem, mas não somente ela. Seu processo de criação é plural e envolve também as intervenções artísticas e a crônica visual. "Me considero uma artista que trabalha com a fotografia. No meu trabalho, o uso da poética está acima de qualquer técnica utilizada", define.

 

Em sua trajetória artística, Marcia Gadioli se mantém comprometida com a experimentação de técnicas e materiais. "No centro desta investigação está o meio fotográfico, que se desdobra de diversas formas - fotografia impressas ou, em alguns casos, produzidas artesanalmente, por transferência sobre papéis transparentes, ou ainda sobre parafina, obtendo-se assim, por sobreposição, novos sentidos e visualidades", comenta o curador Eder Ribeiro. "Marcia estrutura sua obra por meio de dois eixos complementares: por um lado, ela constrói uma crônica da perda de referência e de memória, associadas às alterações urbanas e, por outro, reordena as diversas camadas temporais e de memória veiculadas pela imagem fotográfica", completa Ribeiro.

 

"O olhar apurado da Marcia e os vários tipos de suportes que ela utiliza tornam a exposição dinâmica e instigante para o público. As pessoas poderão ter contato com trabalhos diversos, em variados suportes, que buscam transformar de maneira sutil o espaço da mostra", comenta o arquiteto Marcelo Salles, responsável pela expografia de "Territórios".

 

A exposição


Os trabalhos da exposição surgem da combinação de imagens coletadas em álbuns da própria família Gadioli com outras produzidas pelo olhar atento da artista sobre as transformações urbanas, além de imagens e narrativas encontradas em recortes de jornais impressos. "Os jornais têm toda uma estética que, ela mesmo, ajuda a construir memórias, algo também sendo modificado na sociedade digital, uma vez que as imagens hoje são muitas vezes efêmeras, as mídias onde elas estão podem desaparecer de um momento para outro. Temos uma relação diferente com as imagens, o que pode levar, no futuro, a uma civilização sem memória dos lugares onde se viveu", analisa Marcia Gadioli.

 

Conversas com o público


A exposição "Territórios" vai ocupar todo o piso térreo do MARP. Simultaneamente, no piso superior, será realizada a mostra coletiva dos três artistas premiados no 48° Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional-Contemporâneo (Sarp), realizado entre agosto e novembro do ano passado no MARP: Agrippina R. Manhattan, do Recife (PE); Bruno Alves, de São Paulo; e Nathallya Faria, de Ribeirão Preto.

 

No sábado, dia 27 de janeiro, Marcia Gadioli e o curador Eder Ribeiro, além dos artistas premiados do Sarp, participarão de um bate-papo com o público, a partir das 10 horas, sobre o processo de desenvolvimento dos trabalhos e as relações entre as obras no conceito curatorial. No encerramento de "Territórios", no dia 2 de março, Marcia estará de volta para nova conversa com o público, desta vez acompanhada pelo arquiteto Marcelo Salles, que abordará as relações entre as obras e o espaço expositivo. Os dois encontros terão interpretação em Libras.

 

"O museu já tem uma tradição de realização de bate-papos com os artistas logo após as aberturas das exposições. Isso é extremamente rico, pois o público pode ter um contato mais direto com estes artistas, assim como possibilita uma troca entre os próprios artistas que estão expondo simultaneamente. O público também vai poder ter acesso a mais informações sobre as técnicas, as pesquisas, o porquê daquele trabalho ser contemporâneo e o que ele representa para os dias de hoje", explica o diretor do MARP, Nilton Campos.

 

"O Marp é um dos museus mais representativos do Brasil, o que muito nos orgulha, e é uma honra receber o trabalho da artista visual Marcia Gadioli. Esta exposição vem pra abrilhantar ainda mais nossa programação. É a celebração do melhor de nossa cidade e da nossa gente", avalia o secretário municipal da Cultura e Turismo de Ribeirão Preto, Pedro Leão.

 

Com sua primeira edição realizada em fevereiro de 2023, no Centro Cultural Correios, em São Paulo, a exposição "Territórios" inicia por Ribeirão Preto uma circulação pelo interior, com outras datas já agendadas para São Bernardo do Campo e Santos. A mostra foi premiada pelo edital PROAC nº 13/2023 - artes visuais - circulação de exposição.


 

SERVIÇO
Exposição "Territórios", de Marcia Gadioli

Data: de 26 de janeiro a 2 de março de 2024

Local: MARP - Museu de Arte de Ribeirão Preto Pedro Manuel-Gismondi (rua Barão do Amazonas, 323, Centro, Ribeirão Preto – SP)

Informações: (16) 3635-2421

 

Programação

Abertura oficial:

26 de janeiro, às 19h30

 

Visitação aberta ao público:

De 26 de janeiro a 2 de março de 2024

Terça a sexta, das 9h30 às 12h e das 13h às 17h30

Sábados: 27/01, 10/02 e 02/03, das 9h às 15h

(Exceto feriados e pontos facultativos)

 

Conversa com a artista Marcia Gadioli:

27/01 (sábado), às 10h – com participação da artista e do curador da exposição Eder Ribeiro (com interpretação em Libras)

02/03 (sábado), às 10h – com participação do arquiteto Marcelo Salles (com interpretação em Libras)

 

Curadoria: Eder Ribeiro

Expografia: Marcelo Salles Arquitetura

 

 

 



SIGA NAS REDES SOCIAIS:




CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE !




MAIS ACESSADAS:

Tecnologia excludente

TECNOLOGIA: Modernização tecnológica contribui para sustentabilidade e melhora imagem de empresa para clientes e investidores

LITERATURA: Existe relacionamento perfeito?

NEGÓCIOS: Agrishow 2023

BELEZA: Especialista analisa os procedimentos estéticos dos participantes do BBB 23 "Exagerou"

Literatura empodera mulheres

NEGÓCIOS: Concretizando internacionalização, Agrotools anuncia diretor de operações na América do Norte

DECORAÇÃO: Design Dopamina

ENTRETENIMENTO: NFT.Brasil