Segunda edição do Salão Literário Infantojuvenil Brasil-Alemanha acontece em maio

Imagem
A i-Lit (Fórum Literário Internacional), em parceria com as editoras Ogro, Girabrasil, Razamba, Fafalag, Gratitude, o estúdio Illustralabor e o Clube do Livro Muenster, vai realizar o 2º Salão Literário Infantojuvenil Brasil-Alemanha, nos dias 4 e 5 de maio de 2024, em Offenbach am Main, na Alemanha.   Para isso acontecer, o evento está recebendo apoio institucional do Consulado-Geral do Brasil em Frankfurt, da Prefeitura de Offenbach, da Der Paritätische (organização não governamental alemã que atua na área social), do Instituto Guimarães Rosa e do Instituto F.I.Z. e.V.   Este segundo Salão proporcionará atividades interativas gratuitas para jovens leitores alemães e para a comunidade brasileira local, e também irá reforçar a riqueza e a diversidade na literatura, atraindo participantes de diversas nacionalidades.   Para Andréia Oliveira Amthor, agente literária e fundadora da i-Lit, o retorno do Salão Literário demonstra que o evento foi bem recebido pelas autoridades

5 motivos para transformar a administradora em uma fintech

Empresas conseguem se posicionar de forma mais eficiente no mercado

 

Foto: Freepik
 


Toda empresa busca ser sempre mais eficiente e existem diversas maneiras para isso. Muitas delas envolvem mais trabalho. Mas e se existisse uma forma de uma administradora, se tornar mais eficiente, mais lucrativa e reduzir o trabalho?

 

A Condolivre, fintech de soluções financeiras para o universo dos condomínios, está acostumada com essa demanda. A parceria se inicia com um compromisso mútuo: ela fornece seus produtos e serviços, mas também assume a responsabilidade de treinar o departamento de Recursos Humanos da administradora.

 

Essa iniciativa visa capacitar a equipe interna com o conhecimento necessário para operar de forma eficiente dentro do novo contexto monetário e prover soluções mais ágeis, para um departamento que já é tão sobrecarregado.
 

Com o tempo, a administradora experimenta benefícios tangíveis das soluções, mas também se posiciona de forma mais competitiva no mercado. O aumento da eficiência, a melhoria da saúde financeira e a satisfação dos clientes fortalecem sua reputação e credibilidade.

 

"Com orientação e suporte, a administradora implementa inovação, mas também se torna uma financeira em seu próprio direito, capacitada para oferecer serviços de alta qualidade e impulsionar o sucesso de seus clientes e parceiros", afirma Henrique Rusca, CEO da Condolivre.
 

Pensando nisso, Henrique Rusca menciona 5 motivos para transformar uma administradora em uma fintech:
 

1 - Diversificação de receita
 

Ao expandir para serviços financeiros, a administradora pode diversificar suas fontes de receita. Além da tradicional de taxas de administração de condomínios ou imóveis, ela poderá gerar receita adicional por meio de juros, tarifas e comissões associadas a empréstimos, investimentos e seguros.

 

2 - Agregar valor aos clientes

 

Além de serviços de gestão de propriedades, a administradora poderá fornecer soluções financeiras integradas, como financiamento imobiliário, investimentos personalizados e consultoria financeira, tornando-se um parceiro ainda mais essencial para os clientes e fidelizando seus funcionários.
 

3 - Fortalecer a competitividade
 

A administradora pode fortalecer sua posição competitiva no mercado. Ela poderá oferecer uma gama mais ampla de serviços, competindo diretamente com outras administradoras que não oferecem serviços deste nicho, diferenciando-se e atraindo um segmento mais amplo.
 

4 - Maior controle dos serviços oferecidos

 

A empresa ganha maior controle sobre os serviços oferecidos. Ela poderá personalizar seus produtos financeiros para atender às necessidades específicas dos condomínios, proprietários e outros clientes, adaptando-se melhor às demandas do mercado e aumentando a satisfação do cliente.
 

5 - Crescimento e expansão do negócio

 

A entrada no setor financeiro pode abrir novas oportunidades de crescimento e expansão. Ela poderá explorar novos mercados, ampliar a base de clientes e diversificar as operações, criando uma base sólida para o crescimento sustentável a longo prazo e aumentando o valor do negócio como um todo.
 



SIGA NAS REDES SOCIAIS:



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE !





VEJA TAMBÉM:

Rita Cadillac grava vídeo pornô com criador de conteúdo adulto Jefão

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

Multishow e Globoplay transmitem "SOWETO - 30 Anos Ao vivo" nesta sexta (19)

"Acampamento de Magia para Jovens Bruxos" estreia no Gloob na próxima sexta-feira, dia 12

BBB: Análise das três últimas edições aponta diferenças no comportamento do público nas redes sociais

Ana Clara invade casa do Big Brother Brasil 24 após grande final no Multishow

MODA: Podyh AW24

Indústria brasileira desacelera diversificação do portfólio no primeiro trimestre

Vitrine de Inovações: Agrishow 2024 reunirá mais de 800 marcas expositoras nacionais e internacionais durante os cinco dias de evento

Novo Nordisk é a única farmacêutica presente no Web Summit 2024