Hotel das Cataratas, A Belmond Hotel, inaugura primeiro restaurante com assinatura do premiado Chef Luiz Filipe Souza fora de São Paulo

Imagem
Único empreendimento localizado dentro do Parque Nacional de Foz do Iguaçu abrigará o Y, nova casa com cozinha do chef que já possui uma estrela Michelin com o Evvai. Foto: Divulgação     O Hotel das Cataratas, A Belmond Hotel, localizado no coração do Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, anuncia a parceria com o premiado chef Luiz Filipe Souza, para a inauguração do restaurante Y (lê-se "i"). Com identidade própria, o espaço gastronômico será dedicado à cozinha criativa brasileira, trazendo ingredientes, técnicas, preparos e sabores de diferentes regiões do país em roupagem contemporânea e surpreendente. A iniciativa, que reafirma a vocação gastronômica da Belmond, é o primeiro empreendimento com a assinatura do chef fora da capital paulista, onde há cinco anos comanda o restaurante autoral de alta gastronomia Evvai, uma estrela Michelin e 22º lugar na lista dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina. Inspirado nas águas que banham o parque e correm na

Epharma planeja investir R$ 20 milhões em tecnologia em 2024

Projetos visam facilitar a jornada de compra de medicamentos e reduzir os custos de tratamento de saúde
 


Visando expandir o acesso subsidiado do Programa de Benefícios em Medicamentos (PBM) para mais 10 milhões de pessoas até 2030, a epharma planeja investir cerca de R$ 20 milhões de reais em tecnologia para 2024, 40% mais que no ano passado. Sob a liderança do CEO Eduardo Mangione, a empresa está desenvolvendo novos sistemas para transformar o mercado de planos de benefícios em medicamentos, além de produtos inovadores para reduzir os custos dos tratamentos e facilitar a jornada de compra de medicamentos.


Os projetos deste ano também incluem o desenvolvimento de uma ferramenta de regulação baseada em inteligência artificial e um clube de recompensas para promover a saúde e qualidade de vida dos usuários. "Como pioneiros em tech for health, estamos prontos para liderar o movimento que transformará a saúde de milhões de pessoas", afirma Mangione. A plataforma da epharma atende 33 milhões de pessoas e gerou mais de R$ 2 bilhões em economia de medicamentos para os usuários em 2023.

A epharma é uma das principais plataformas de gestão de benefícios de saúde do país. A empresa, fundada há 24 anos, atua como um elo, unindo os ecossistemas de tecnologia e saúde, e criando conexões inteligentes entre os principais atores da saúde: indústrias farmacêuticas, gestores de RH, farmácias e drogarias, operadoras de saúde, corretoras, healthtechs e empresas privadas de diversos segmentos. Pioneira ao lançar o Plano de Benefícios de Medicamentos (PBM) no Brasil em 1999, conta com mais de 40 mil farmácias e 2 mil clínicas e laboratórios de diagnóstico credenciados em mais de 3 mil munícipios pelo país, beneficiando mais de 33 milhões de pessoas e gerando economia de acima de R$ 2 bilhões em 2023. A empresa recebeu os selos Great Place do Work (GPTW), GPTW Mulher e recertificação ISO4001 e tem uma agenda transparente dos pilares ESG onde a meta é redefinir o significado de sucesso, oxigenando conexões para um mundo melhor.

 


SIGA NAS REDES SOCIAIS:



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE !



VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

"Acampamento de Magia para Jovens Bruxos" estreia no Gloob na próxima sexta-feira, dia 12

MODA: Podyh AW24

Indústria brasileira desacelera diversificação do portfólio no primeiro trimestre

ESPORTES: YoPRO anuncia sua primeira corrida em parceria com Norte Marketing

Novo Nordisk é a única farmacêutica presente no Web Summit 2024

Atlantica Hospitality International lança empreendimento na região da Avenida Paulista em São Paulo

Tarkett cria piso vinílico que facilita paginações criativas

Fairmont Rio de Janeiro Copacabana recebe recital exclusivo de Andrea Bocelli

Empreendedorismo Familiar e superação: Do garoto vendedor de cocada na Zona Leste à CEO de 3 empresas, e sócio do Káka Diniz e João Kepler