TURISMO: Explore os tesouros submarinos de Andros, nas Bahamas

Imagem
Mix de espécies marinhas são protegidas na Barreira e há locais de mergulho e snorkel para quem deseja ver de perto esses belos ambientes subaquáticos. Foto: Divulgação Entre as profundezas da Língua do Oceano e as margens da ilha de Andros, impera a terceira maior barreira de recifes e lagoa do mundo. Com aproximadamente 200 km de extensão, a Barreira de Recifes de Andros é um colosso geológico que contém a diversidade e a beleza de um ecossistema subaquático excepcional. Para preservar este tesouro natural, foram criados os Parques Marinhos Norte e Sul, protegendo mais de 8.500 hectares desta maravilha da natureza. Os recifes de coral, reconhecidos como as florestas tropicais do mar, são essenciais para a vida marinha e para a saúde dos nossos oceanos. A Barreira de Recifes de Andros, sendo a terceira maior do mundo

Em ascensão desde o fim de 2023, iene já é a quarta moeda mais transacionada no País

Com a proximidade das Olimpíadas, euro tem aumento no volume operado em março de 2024
 


As operações envolvendo o iene seguem a todo vapor no Brasil. A unidade monetária oficial do Japão vem apresentando números significativos de transações no mercado de câmbio brasileiro desde o início do ano e, em março de 2024, alcançou a quarta colocação no ranking de moedas mais negociadas no País — melhor posição entre todo o período analisado (desde janeiro de 2018).

 

De acordo com o levantamento mensal realizado pela Travelex Confidence, maior especialista em câmbio do mundo, o iene teve um aumento de 39% em relação a fevereiro de 2024, 32% no comparativo com março de 2023, e um crescimento massivo de 203% no volume médio transacionado no Brasil em 2022.

 

A moeda, que está em curva ascendente pelo terceiro mês consecutivo, foi a única que apresentou números positivos nos quatro comparativos (volume mês a mês; ano a ano, considerando o mesmo mês de comparação; volume médio transacionado no ano de 2022 e no de 2023) entre todas unidades monetárias do Top 5. O movimento contínuo de aumento no volume de operações do iene segue como um reflexo da liberação do visto entre os governos brasileiro e japonês, que estimula naturalmente o turismo para o Japão.

 

Euro mostra sinais de recuperação

 

Após dois meses seguidos com números negativos, o euro voltou a apresentar um volume transacionado positivo no comparativo com o mês anterior. Em março, a moeda — que ocupa a segunda colocação no ranking — teve 24% a mais de operações realizadas quando comparado ao mês de fevereiro. De acordo com Jorge Arbex, diretor do Grupo Travelex Confidence, mesmo com o fim da alta temporada, o turismo ainda pode explicar essa guinada da unidade monetária da União Europeia. "A proximidade com a realização das Olimpíadas de Paris, em julho, na França, é um atrativo a mais para que brasileiros que estão se planejando para acompanhar o evento in loco adquiram a moeda", comenta Arbex.

 

Dólar segue na liderança, mas apresenta números abaixo de 2023 e 2022

 

O dólar americano segue absoluto como a moeda mais transacionada no Brasil, figurando na liderança do ranking já por dez meses consecutivos. No entanto, em março de 2024, a unidade monetária norte-americana apresentou uma leve baixa no volume de operações no comparativo com fevereiro de 24 (-1%) e também no comparado a março de 2023 (-28%) e no volume médio transacionado em 2022 (-57%) e 2023 (-35%).

 

"Em março, o dólar teve um comportamento de leve valorização frente ao real, além dos reflexos do vale sazonal que abrange o período de fechamento da alta temporada no País, o que justifica os números negativos. Além disso, o BACEN aumentou a estimativa de projeção da moeda norte-americana de R$4,93 para R$4,95, sendo o segundo mês seguido com aumento da PTAX projetada, o que impacta a procura da moeda no segmento do turismo", comenta Arbex.

 

Completando o ranking das cinco moedas mais transacionadas em março de 2024, a libra esterlina ficou em terceiro lugar, com um aumento de 9% no volume de transações em relação a fevereiro de 2024, enquanto o dólar canadense caiu para a quinta colocação, com baixa de 13% no volume operado em relação ao mês passado.

 

Confira o TOP 5 de venda de moedas de março comparado ao mês de fevereiro de 2024, em relação a março de 2023 e o comparativo em relação à média de 2022 (marco pós-pandemia):

 

MOEDA

Variação do volume (R$) mar'24 em relação a fev'24

Variação do volume operado (R$) do mês analisado em relação ao mesmo mês no ano anterior

Variação de volume operado (R$) do mês analisado em relação Média de volume operado por mês no ano de 2022

Dólar (USD)

-1%

-28%

- 57%

Euro (EUR)

24%

- 30%

- 56%

Libra Esterlina (GBP)

9%

- 39%

- 57%

Iene (JPY)

39%

32%

203%

Dólar Canadense (CAD)

-13%

-49%

-76%

 

 


CLIQUE E FALE COMIGO:


🇧🇷 SIGA NAS REDES SOCIAIS O BLOG OFICIAL DO BRASIL:



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE !



S O L I D A R I E D A D E
AJUDE A EQUIPE EM NOSSO TRABALHO SOCIAL,
FAÇA SEU PIX COM QR CODE E COLABORE COM QUALQUER VALOR:





VEJA TAMBÉM:

Rita Cadillac grava vídeo pornô com criador de conteúdo adulto Jefão

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

Indústria brasileira desacelera diversificação do portfólio no primeiro trimestre

MODA: Podyh AW24

SOLIDARIEDADE: ‘Sábado Solidário’ arrecadas mais de 40 toneladas de doações

Céu lança Novela

Ferragamo Hug Bag

Movimento União BR organiza campanha com mais de 60 empresas para ajudar o Rio Grande do Sul

NEGÓCIOS: Como oportunidade, a TIM busca parceiros no Centro-Oeste

Friboi traz novidades e ativações no primeiro dia de Apas Show 2024