NEGÓCIOS: Privalia convida Tico Canato para collab exclusiva de Toy Art

Imagem
Parceria une o poder da arte contemporânea e estilo de vida com o conceito de sustentabilidade e transformação. Foto Divulgação     A Privalia – hub que conecta consumidores a mais de 600 love brands nacionais e internacionais – ao completar 15 anos, evoluiu seu posicionamento com a inclusão de novos modelos de negócios, como o Privalia Ads - frente de retail media - e Brandsplace - marketplace da plataforma - e, para marcar esta evolução, trouxe o pilar de arte contemporânea para fortalecer a identidade da marca. Em uma iniciativa inédita, a empresa convidou o artista plástico Tico Canato para criar uma collab exclusiva que, além de reforçar o novo posicionamento, também relembra o principal conceito presente no DNA da marca: sustentabilidade e transformação.   O Toy Art, desenvolvido por Tico especialmente para a Privalia, é uma versão do seu personagem "Ondi", criado para expressar que as pessoas são uma junção de retalhos (histórias) e provocar reflexões s

ARTE: Programação MAM São Paulo, conheça as exposições em cartaz


Agenda de mostras exibidas no MAM inclui George Love: além do tempo, Santídio Pereira: paisagens férteis, Emmanuel Nassar: Lataria Espacial, e Rodrigo Sassi: Rizoma. Além das exposições temporárias, o público pode conhecer obras da coleção do MAM expostas no Jardim de Esculturas.


Vista da exposição Santídio Pereira: paisagens férteis, na Sala Paulo Figueiredo. Foto: Ding Musa


A programação de exposições do Museu de Arte Moderna de São Paulo apresenta até 1 de setembro quatro exposições inéditas. Na Sala Milú Villela, está George Love: além do tempo, primeira retrospectiva do artista, que reúne mais de 500 fotografias. A Sala Paulo Figueiredo exibe a individual Santídio Pereira: paisagens férteis, com uma seleção de gravuras, xilogravuras e pinturas do artista piauiense. A Sala de Vidro apresenta a instalação Lataria Espacial, do artista paraense Emmanuel Nassar. No Projeto Parede, o público pode ver a obra Rizoma, trabalho de Rodrigo Sassi comissionado pelo MAM.

Confira a seguir mais detalhes de cada mostra:



George Love: além do tempo

George Leary Love (1937-1995), fotógrafo afro-americano que desenvolveu uma trajetória extremamente prolífica no Brasil entre as décadas de 1960 e 1980, tem sua obra celebrada nesta que é sua primeira exposição retrospectiva. Com curadoria de José De Boni, a mostra George Love: além do tempo  traz para as vistas do público uma seleção do arquivo deixado por George Love (1937 - 1995) – e conservado pelo curador, que também foi seu amigo -, além de objetos relevantes de sua história, como diários, cartas e câmeras fotográficas.

Vista da exposição George Love: além do tempo. Foto: Luan Santos


Reunindo um conjunto de mais de 500 fotografias, em novas impressões e originais de época, a exposição traça uma linha do tempo que remonta a um período desde antes do artista vir para o Brasil, até sua morte em 1995. O curador explica que optou por dividir a mostra em 20 núcleos, como se o espaço expositivo sediasse 20 individuais de Love, cada uma se debruçando sobre uma temática ou uma época. Os setores consideram também os lugares onde George Love viveu no decorrer de sua carreira: primeiro em Nova York, depois São Paulo, onde (se instalou) chegou em 1966, uma escapada ao Rio de Janeiro, o retiro em Nova York depois de 20 anos no Brasil, e a volta São Paulo nos seus últimos anos de vida.



Santídio Pereira: paisagens férteis

Vista da exposição Santídio Pereira: paisagens férteis no MAM. Foto: Ding Musa


Com uma trajetória profícua em instituições brasileiras e mundo afora, Santídio Pereira traz à individual Paisagens férteis sua pesquisa em torno das imagens de biomas brasileiros, do Cerrado à Mata Atlântica, passando por paisagens que fizeram parte de suas vivências e carregando especialmente as observações que faz em meio à natureza.

Com curadoria de Cauê Alves, curador-chefe do MAM, a exposição reúne gravuras, objetos e pinturas de Santídio que trazem imagens de paisagens montanhosas e de plantas como bromélias e mandacarus. Esses motivos nas obras do artista derivam de suas experiências imersivas nos biomas brasileiros, durante viagens em que se dispõe a observar a geografia e a vegetação com atenção. Parte delas também são fruto das memórias da infância no Piauí que ele carrega consigo.



Emmanuel Nassar: Lataria Espacial

 

Emmanuel Nassar, Lataria Espacial, 2022. Coleção do artista. Sala de Vidro do MAM. Foto: Ding Musa


Aberta à interação do público, a obra remete aos trabalhos que o artista desenvolve desde os anos 1980, usando a geometria e cores de tons fortes.

Desde Recepcôr (1981), Nassar foi se afastando da pintura figurativa e passou a trazer para seus trabalhos uma discussão sobre a precariedade e sobre o sonho de novas tecnologias. O trabalho que inaugura essa pesquisa é uma espécie de aparelho de alta tecnologia que receberia tudo aquilo que rondava a cabeça do artista. Recepcôr é uma obra que não tinha apenas uma solução estética, mas também era funcional.

Em Lataria Espacial, Emmanuel Nassar constrói um jatinho particular inspirado no Phenom 300, um avião nacional de alta performance, um dos mais vendidos do mundo, desenvolvido e fabricado pela Embraer. Na obra, toda essa modernização representada por esse avião é contrastada pela precariedade de uma instalação construída em pedaços, ligando chapas de zinco galvanizadas que são pintadas com esmalte sintético.



Rodrigo Sassi: Rizoma

Vista da obra. Rodrigo Sassi: Rizoma. Projeto Parede do MAM. Foto: Ding Musa


Rizoma é uma instalação a qual o artista se refere como um "não mural". A obra, inspirada em murais modernistas, é composta por relevos de alvenaria fixados sobre a parede do museu e, conectados uns aos outros, atingem uma escala que conflita com o recuo disponível para sua visualização, de certa forma indo contra propósitos e características de sua própria referência. Para isso, Rodrigo Sassi idealizou uma nova pesquisa, propondo-se a realizar um trabalho diferente do que já é conhecido de sua produção, pensando nas especificidades do espaço onde ele será montado. "Esta é uma proposta que foge dos padrões do meu trabalho, que deixa um caminho em aberto para novos desdobramentos, inclusive", ele comenta.

Para esta instalação, Rodrigo Sassi agrega referências arquitetônicas muralistas à sua poética e prática de trabalho. O artista traz a ideia de azulejos de Bulcão que têm continuações, apesar de serem diferentes um do outro, onde até nas rupturas existem composições que funcionam entre si. O projeto é desdobramento de uma intervenção que o artista realizou no o Museu da Inconfidência, em Ouro Preto (MG), instituição que é parceira do MAM nesta mostra.



Serviço:
George Love: além do tempo
Curadoria: Zé De Boni
Período expositivo: até 1 de setembro de 2024
Local: Sala Milú Villela, Museu de Arte Moderna de São Paulo

Rodrigo Sassi: Rizoma
Curadoria: Cauê Alves
Período expositivo: até 1 de setembro de 2024
Local: Projeto Parede, Museu de Arte Moderna de São Paulo

Santídio Pereira: paisagens férteis
Curadoria: Cauê Alves
Período expositivo: até 1 de setembro de 2024
Local: Sala Paulo Figueiredo, Museu de Arte Moderna de São Paulo

Emmanuel Nassar: Lataria Espacial
Período expositivo: até 1 de setembro de 2024
Local: Sala de Vidro, Museu de Arte Moderna de São Paulo
Local:  Museu de Arte Moderna de São Paulo
Endereço: Parque Ibirapuera (Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº - Portões 1, 2 e 3)
Horários: terça a domingo, das 10h às 18h (com a última entrada às 17h30)
Ingressos: R$30,00 inteira e R$15,00 meia-entrada. Aos domingos, a entrada é gratuita e o visitante pode contribuir com o valor que quiser.

*Meia-entrada para estudantes, com identificação; jovens de baixa renda e idosos (+60). Gratuidade para crianças menores de 10 anos; pessoas com deficiência e acompanhante; professores e diretores da rede pública estadual e municipal de São Paulo, com identificação; amigos e alunos do MAM; funcionários das empresas parceiras e museus; membros do ICOM, AICA e ABCA, com identificação; funcionários da SPTuris e funcionários da Secretaria Municipal de Cultura.

Telefone: (11) 5085-1300
Acesso para pessoas com deficiência
Restaurante/café
Ar-condicionado
Mais informações:

MAM São Paulo
Mais informações: www.mam.org.br

www.instagram.com/mamsaopaulo

lwww.facebook.com/mamsaopaulo

www.youtube.com/@mamsaopaulo

www.twitter.com/mamsaopaulo







CLIQUE E FALE COMIGO:


🇧🇷 SIGA O BLOGUEIRO OFICIAL DO BRASIL NAS REDES SOCIAIS:



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE !



S O L I D A R I E D A D E
CURTIU ESSE POST ? COMPARTILHE EM SUA REDE SOCIAL
OU AJUDE A EQUIPE EM NOSSO TRABALHO SOCIAL.
DOE 10 REAIS NO LINK: https://doe10reais
OU FAÇA SEU PIX COM QR CODE E COLABORE COM QUALQUER VALOR:




PIX - Copie, cole e doe 10 reais:

00020101021126360014br.gov.bcb.pix0114+5514998648070520400005303986540510.005802BR5920MARCOS ROGERIO GOMES6004LINS62070503***6304C308





VEJA TAMBÉM:

Rita Cadillac grava vídeo pornô com criador de conteúdo adulto Jefão

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

POLÍTICA: ‘Segurança cibernética eficiente depende da colaboração de todos’, diz Juscelino Filho em seminário com lideranças mundiais

Ferragamo Hug Bag

SOLIDARIEDADE: ‘Sábado Solidário’ arrecadas mais de 40 toneladas de doações

MODA: Podyh AW24

INTERNET: Nizam publica foto totalmente nu e choca a web

AMANHÃ: Prêmio da Música Brasileira, saiba como assistir, quem são os indicados e artistas que se apresentarão no espetáculo

BRASIL BRAU: Abertura do evento apresenta Anuário da Cerveja 2024, perspectivas do mercado e lançamento solidário em prol do Rio Grande do Sul

Céu lança Novela