O que você faz com as lâmpadas velhas?

Imagem
Entre 2017 e 2022, 33 milhões de lâmpadas foram recicladas no Brasil, número bem inferior aos 12 milhões importados para o Brasil. Foto: Divulgação     Você sabe o que fazer com as lâmpadas fluorescentes quando elas queimam e você precisa descartá-las? O questionamento é necessário quando sabemos que esse produto contém mercúrio - um dos elementos químicos mais perigosos para a saúde humana, e ainda presente em muitos outros objetos do nosso cotidiano, como termômetros antigos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) , a exposição ao metal pode acarretar uma série de problemas graves, desde danos cerebrais até complicações respiratórias. Apesar de muitos países terem proibido a fabricação e venda de itens contendo o material após a assinatura de um tratado chamado " Convenção de Minamata ", em 2013, ainda é comum encontrá-los em algumas residências, especialmente nas lâmpadas. Por isso, o descarte desses produtos ainda exige um olhar mais atento, e

TECNOLOGIA: Modernização tecnológica contribui para sustentabilidade e melhora imagem de empresa para clientes e investidores


CEO da MadeinWeb explica como média e grandes empresas podem reduzir os impactos ambientais através da migração para nuvem e outras alternativas


A preocupação das empresas com a emissão de gases poluentes cresceu nos últimos anos. A emissão de CO2 recebe atenção especial, já que a liberação acima da média impacta na absorção em oceanos, alterações e desastres climáticos e extinção de espécies. Cada pequena atitude em prol da natureza já faz a diferença. A migração para a nuvem e as modernizações tecnológicas são fundamentais no mundo dos negócios e contribuem para a sustentabilidade.

De acordo com um estudo realizado pela Accenture, a mudança de dados para a nuvem reduz a emissão de 59 milhões de toneladas de dióxido de carbono por ano. Em comparação com a infraestrutura convencional, as migrações iniciais são capazes de reduzir as emissões em mais de 84% e podem ser ainda maiores com o desenvolvimento de aplicações específicas, chegando a 98%.

Vinícius Gallafrio, CEO da MadeinWeb, provedora de TI e transformação digital, ressalta que o armazenamento tradicional perde em diversos outros aspectos. A alternativa mais moderna, por outro lado, facilita e aprimora processos de monitoramento e gestão de ambientes de infraestrutura e serviço.  Uma empresa que adota novas tecnologias melhora não somente a eficiência e diminui custos operacionais, como contribui para a sustentabilidade, com baixo consumo de energia e recursos naturais. 

No entanto, para que ocorra uma real redução nos impactos causados pelas atividades da organização, CTOs (Chief Technology Officers) e CIOs (Chief Information Officers) devem agir rapidamente e com planejamento adaptável.

"A modernização tecnológica interfere na gestão de energia e resíduos, automação de processos e adoção de tecnologias mais sustentáveis. Cabe aos CTOs e aos CIOs identificarem quais áreas precisam de mudança e a partir disso, buscar soluções e capacitação de equipe, com monitoramento constante de resultados", aponta Gallafrio.

Trocas inteligentes

Pequenas mudanças no dia a dia da empresa podem reduzir o consumo de energia, um dos principais inimigos da sustentabilidade. Como alternativa, podem ser implementados sistemas de iluminação LED e dispositivos de economia. Os sensores e sistemas de automação também podem otimizar o uso de eletricidade e reduzir custos.

O uso do papel também pode ser menor. "Esse recurso é finito e muitas vezes é desperdiçado em processos sem necessidade. As assinaturas eletrônicas e a migração para a nuvem são excelentes maneiras de diminuir o consumo", aponta o executivo. 

A adoção de tecnologias de reciclagem e tratamento de resíduos também são fundamentais para diminuir significativamente o impacto ambiental da empresa.

Por fim, Gallafrio ressalta que os CTOs e CIOs devem acompanhar os indicadores de desempenho e avaliar como essas trocas inteligentes estão ajudando a atingir metas de sustentabilidade. "A modernização melhora a imagem da empresa perante a sociedade, mostrando comprometimento e preservação do meio ambiente, o que atrai clientes e investidores que valorizam a responsabilidade social e ambiental", conclui. 

Sobre a MadeinWeb

A MadeinWeb é uma provedora de serviços de TI com escritórios no Brasil, Estados Unidos e Portugal, com mais de 20 anos de atuação no setor de tecnologia. Como parceira de grandes empresas, a Made possui a capacidade de entregar projetos sob medida para os seus clientes, ajudando na inovação tecnológica. 

A empresa possui squads dedicados para realizar projetos, usando a inteligência artificial voltada para negócios. Também oferece consultoria corporativa e utiliza a nuvem para garantir escalabilidade em cada processo de implementação tecnológica e cibersegurança, com serviços que ajudam a expor potenciais lacunas ou ameaças.







VEJA TAMBÉM:

Rita Cadillac grava vídeo pornô com criador de conteúdo adulto Jefão

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

Multishow e Globoplay transmitem "SOWETO - 30 Anos Ao vivo" nesta sexta (19)

"Acampamento de Magia para Jovens Bruxos" estreia no Gloob na próxima sexta-feira, dia 12

BBB: Análise das três últimas edições aponta diferenças no comportamento do público nas redes sociais

Ana Clara invade casa do Big Brother Brasil 24 após grande final no Multishow

MODA: Podyh AW24

Indústria brasileira desacelera diversificação do portfólio no primeiro trimestre

Vitrine de Inovações: Agrishow 2024 reunirá mais de 800 marcas expositoras nacionais e internacionais durante os cinco dias de evento

Novo Nordisk é a única farmacêutica presente no Web Summit 2024