MODA: Bruna Marquezine se emociona em entrevista com Silvia Braz durante a Paris Fashion Week

Imagem
A atriz e a comunicadora se encontraram no quarto de hotel da atriz que se emocionou ao falar de família, carreira, escolhas pessoais e sua auto descoberta por meio da moda Silvia Braz entrevista Bruna Marquezine | Créditos Marlon Brambilla Durante a Semana de Moda de Paris que acontece até terça-feira (5), Silvia Braz conduziu entrevista exclusiva com a atriz Bruna Marquezine que em meio a lágrimas e risadas, contou percepções da sua vida pessoal e espetacular carreira que iniciou aos 5 anos de idade.   Surpreendendo seus espectadores, Silvia Braz inovou ao direcionar os holofotes não só às passarelas, mas também às brasileiras inspiradoras. Na entrevista, Bruna Marquezine se abriu em uma conversa franca e reveladora. Emocionada revelou "Sempre que eu falo que comecei a trabalhar com 5 anos as pessoas pensam: 'nossa, a mãe dela deve ser mãe de miss'. Eu quero falar disso e eu fico com vontade de chorar porque eu hoje, muito nova, conquistei muita coisa.

MARKETING: 5 dicas para criar uma campanha de mídia paga de sucesso



Trafficguard


Especialista em eliminar o tráfego inválido de campanhas online, explica como otimizar o orçamento e aumentar conversões


Conhecida como uma das principais estratégias de marketing digital, a mídia paga possibilita aos anunciantes resultados rápidos, ampla abrangência e facilidade de mensuração, com relatórios completos e detalhados, que ajudam a definir os rumos dos negócios. Consiste em, basicamente, exibir anúncios na internet para um público qualificado para uma marca, com um objetivo específico, que pode variar desde atrair visitantes para um site ou fazer download de um aplicativo. Mas o que oferece um mar de oportunidades, também precisa ser trabalhado com cuidado.

 

Mais comuns no Google e Meta, que praticamente controlam o mercado de publicidade digital - pelo menos por enquanto, os anúncios, quando bem planejados, aumentam visibilidade, geram mais leads e conversões, divulgam ações e melhoram o posicionamento da marca nos buscadores. No entanto, segundo Tamirys Romantini Collis, Gerente de Marketing da TrafficGuard, startup australiana especializada em detectar e prevenir o tráfego inválido em anúncios digitais,  há perigos à espreita, e empresas que realmente querem lucrar com ajuda do digital precisam de muito planejamento. 

 

Pensando em ajudar negócios a melhorarem o desempenho das campanhas de tráfego pago, a especialista separou cinco dicas para resultados de sucesso. 



 

  • Tudo começa com um bom briefing 

 

 

Uma campanha de mídia paga de sucesso certamente começa com um bom briefing. 

 

Defina bem qual o objetivo da comunicação: é conhecimento de marca? Reforço de marca? Gerar desejo e consequente compra? Foco em conversão de produto já conhecido? 

 

Defina bem o target da comunicação! Quem é sua persona? Qual o target demográfico? Quais características de comportamento para identificar segmentações mais precisas? Dica: quanto mais abrangente o target, maior o universo e, consequentemente, o investimento para melhor cobertura e frequência, porém, quanto mais restrita a base, maior dificuldade em achar e maior o custo para compra de leilão.  

 

Também tenha muito claro qual período da comunicação e quais canais serão utilizados.  

 

 

  • Acompanhe, analise, mensure…

 

Defina KPIs (indicadores de sucesso) claros e mensuráveis. O anunciante só vai conseguir mensurar o sucesso de uma campanha se tiver clareza de quais são os indicadores desse sucesso. O ideal é que os KPIs do negócio sejam traduzidos para a mídia e devem ser idealmente atribuídos às ações de mídia. "Devem ser indicadores financeiros e de qualidade para garantir o equilíbrio entre as duas frentes. É possível ter resultados incríveis de mídia e razoáveis de negócio, então eles precisam estar conectados", explica a gerente de marketing.    

 

Para ilustrar, trazemos um exemplo: se o KPI do negócio for crescer receita bruta sem perder margem bruta, não adianta trabalhar desconto alto para conversão na mídia sem levar em consideração a margem.   

 

 

  • Determine o orçamento

 

 

Um dos aspectos positivos das estratégias de tráfego pago é que é possível obter bons resultados com o orçamento pré-definido pela empresa. Porém, para definir a quantia a ser investida, é preciso avaliar alguns pontos, como as metas em si, público-alvo, estratégias da concorrência e custo das palavras-chaves que serão trabalhadas. 

 

Ao longo da campanha, dados de desempenho estarão disponíveis e servirão como base para ajustes em tempo real. Com base nos insights que surgirem, Tamirys recomenda adaptações. 

 

"O foco é sempre obter o melhor ROI. Monitorar as métricas com frequência permite uma realocação de recursos para garantir melhor desempenho", pontua. 



 

  • Faça anúncios estratégicos

 

 

Para aumentar a conversão de anúncios, a especialista aconselha a criação de copies verdadeiras e objetivas, sem promessas exageradas ou informações alarmantes para chamar atenção. "É preciso trabalhar com ética. Utilizar técnicas controversas pode criar um efeito negativo e levar a uma alta taxa de rejeição", alerta. 

 

Tamirys também destaca que é fundamental deixar clara a ação que se espera do usuário através de uma chamada para ação (ou CTA - call to action em inglês). 



  1. Aposte em uma solução antifraude para proteger seus anúncios digitais 

 

Quem investe em anúncios online está constantemente sujeito à fraude e sem a devida proteção, parte do orçamento pode ir pelo ralo por conta de bots, fazendas de cliques e outros métodos fraudulentos, que se disfarçam de usuários reais e se infiltram nas campanhas digitais, aumentando artificialmente o tráfego e as impressões do anúncio. 

 

De acordo com Tamirys, é fundamental que os anunciantes contem com uma tecnologia que seja capaz de identificar e prevenir tráfego inválido em tempo real, protegendo o orçamento  e garantindo integridade dos dados das campanhas. Com uma tecnologia que use várias camadas de proteção e combine machine learning e inteligência artificial, é possível detectar até mesmo indícios de novas táticas criadas por fraudadores, permitindo que sejam bloqueadas antes que impactem o orçamento de mídia e comprometam métricas de marketing. 

 

"No marketing digital, os dados são como ouro e à mercê de criminosos, boa parte da verba pode ser desperdiçada ou direcionada para o canal errado. Observar dados é importante para notar padrões e poder identificar métricas anormais. Tempo de permanência no site baixo, CTRs muito altos ou taxas de rejeição elevadas podem ser indícios de fraudes em progresso. É por isso que contar com uma tecnologia de detecção e prevenção desse tipo de atividade é a maneira mais segura de impedir que o tráfego inválido afete a performance e desperdice o budget da sua campanha", conclui a gerente de Marketing da TrafficGuard.




Por @oblogueirooficial



SIGA NAS REDES SOCIAIS



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE



VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

MODA: Podyh AW24

NEGÓCIOS: Franquias que faturam ainda mais no verão, conheça opções para diversificar (e esquentar) seus investimentos

NEGÓCIOS: Startups do Cubo Itaú recebem R$2,8 bilhões de investimento em 2023

NEGÓCIOS: San Paolo reforça time de marketing para acelerar expansão da marca no Brasil

MODA: C&A lança segunda coleção de jeans rastreável em parceria com o movimento Sou de Algodão

NEGÓCIOS: Dia Internacional da Mulher, 10 empreendedoras para conhecer e se inspirar

DECORAÇÃO: Com Casa 214, Boticário aposta em mercado em ascensão e anuncia a chegada de produtos focados em aromas para casa

TURISMO: Fairmont Rio de Janeiro anuncia a segunda edição do Fairmont Rio Golf Weekend

NEGÓCIOS: Skala Cosméticos recebe investimento estratégico da Advent