MODA: Bruna Marquezine se emociona em entrevista com Silvia Braz durante a Paris Fashion Week

Imagem
A atriz e a comunicadora se encontraram no quarto de hotel da atriz que se emocionou ao falar de família, carreira, escolhas pessoais e sua auto descoberta por meio da moda Silvia Braz entrevista Bruna Marquezine | Créditos Marlon Brambilla Durante a Semana de Moda de Paris que acontece até terça-feira (5), Silvia Braz conduziu entrevista exclusiva com a atriz Bruna Marquezine que em meio a lágrimas e risadas, contou percepções da sua vida pessoal e espetacular carreira que iniciou aos 5 anos de idade.   Surpreendendo seus espectadores, Silvia Braz inovou ao direcionar os holofotes não só às passarelas, mas também às brasileiras inspiradoras. Na entrevista, Bruna Marquezine se abriu em uma conversa franca e reveladora. Emocionada revelou "Sempre que eu falo que comecei a trabalhar com 5 anos as pessoas pensam: 'nossa, a mãe dela deve ser mãe de miss'. Eu quero falar disso e eu fico com vontade de chorar porque eu hoje, muito nova, conquistei muita coisa.

CURIOSIDADES: Somelière explica como diferenciar um charuto premium dos comuns


A origem e a capa do produto estão entre as dicas da especialista Carolina Macedo da Bulldog


Charutos premium têm conquistado apreciadores ao redor do mundo por suas características distintas, que resultam em uma experiência única de degustar. No entanto, muitas vezes, identificar um verdadeiro charuto premium pode ser uma tarefa desafiadora para iniciantes e entusiastas. 

Carolina Macedo, cigar somelière e sócia da Bulldog Tabacaria, sediada em Curitiba (PR) diz que para começar é importante entender o que é um charuto premium. "O charuto premium é aquele produzido com folhas inteiras de tabaco negro e sem nenhum aditivo químico. Estamos falando somente de folhas de tabaco e água", explica.

Segundo ela, outro fator importante é entender que, por se tratar de um produto totalmente artesanal e de luxo, ele é, infelizmente, muito falsificado no mundo todo, em especial os cubanos. A importadora oficial de charutos cubanos no Brasil é a Emporium Cigars e somente ela tem a autorização da Habanos S. A. para importar esse produtos ao Brasil, dessa forma, uma dica importante é sempre procurar estabelecimentos parceiros dela para comprar os seus produtos.

O charuto premium tem folhas de diferentes origens. Cuba, Rep. Dominicana, Nicarágua, Honduras, Equador, Camarões, México, Brasil, Peru, Indonésia. "Todos esses países estão dentro de uma faixa no globo que garantem um microclima favorável ao seu cultivo, mas são países como Cuba, Rep. Dominicana, Nicarágua e Brasil, que hoje são reconhecidos mundialmente pelo beneficiamento do produto, ou seja, por transformar as folhas em charutos", conta a cigar somelière.

Produtos premium levam ao menos 2 anos para serem produzidos, e ao menos 200 pessoas trabalham ao longo do processo, do plantio da semente até que o charuto chegue a caixa. "Vão apresentar características únicas de sabor e aroma e exigem cuidados constantes de temperatura e umidade, por isso produtos premium só encontramos em casas especializadas onde esse controle acontece 24 por dia, todos os dias da semana", explica Macedo.

A sócia da Bulldog Tabacaria acrescenta, "de maneira bastante simples, a diferença entre um long filler (charuto de folhas inteiras) para um medium ou short filler (folhas picadas) é o tempo de queima que é bem maior no long filler. Além da intensidade de sabor e aromas. No de folhas picadas a picância e o amargor são constantes, enquanto nas opções premium as notas de sabor e aroma são equilibradas e possuem uma evolução ao longo da queima".

"Degustar produtos premium garante uma experiência única e inesquecível", comenta a  cigar somelière, que conclui com quatro dicas rápidas para não acabar adquirindo produtos cubanos falsificados:

1 - Procure casas especializadas e que possuam o selo HABANOS POINT;

2 - Desconfie de preços muito baixos;

3 - As caixas tem um código que você pode verificar no site da própria habanos. https://www.habanos.com/es/verificacion-de-autenticidad/;

4 - Todas as caixas vêm lacradas, com os selos da Habanos e da Anvisa no Brasil.



Foto:
A origem e a capa do produto estão entre as dicas da especialista Carolina Macedo da Bulldog
Carolina Macedo



ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS !
ANUNCIE AQUI PARA FAZER PARTE DA MAIOR REDE DE DIVULGAÇÃO NA INTERNET.

VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

MODA: Podyh AW24

NEGÓCIOS: Franquias que faturam ainda mais no verão, conheça opções para diversificar (e esquentar) seus investimentos

NEGÓCIOS: Startups do Cubo Itaú recebem R$2,8 bilhões de investimento em 2023

NEGÓCIOS: San Paolo reforça time de marketing para acelerar expansão da marca no Brasil

MODA: C&A lança segunda coleção de jeans rastreável em parceria com o movimento Sou de Algodão

NEGÓCIOS: Dia Internacional da Mulher, 10 empreendedoras para conhecer e se inspirar

DECORAÇÃO: Com Casa 214, Boticário aposta em mercado em ascensão e anuncia a chegada de produtos focados em aromas para casa

TURISMO: Fairmont Rio de Janeiro anuncia a segunda edição do Fairmont Rio Golf Weekend

NEGÓCIOS: Skala Cosméticos recebe investimento estratégico da Advent