Pretah leva samba, MPB e sons regionais ao Palco Sesc

Imagem
Foto: Divulgação  Quarta-feira 17/04, é dia de Palco Sesc e quem se apresenta desta vez é a cantora  Pretah . A ação é parceria do  Sesc Cultura , integrante do Sistema Comércio e  Shopping Campo Grande  . A apresentação começa às 18h30, na praça de alimentação, aberta ao público. Pretah apresenta um repertório repleto de músicas brasileiras, como samba, incluindo também canções de compositores regionais. Serviço – Informações pelo telefone (67) 3311-4300 ou pelo WhatsApp (67) 3311-4417. Acompanhe as ações do Sesc Cultura @sescculturams e Facebook/sescculturams e no aplicativo "Encontre no Sesc". CLIQUE E FALE COMIGO: @OBLOGUEIROOFICIAL SIGA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM:   www.instagram.com/oblogueirooficial PINTEREST:   www.br.pinterest.com/oblogueirooficial TIKTOK:  www.tiktok.com/@oblogueirooficial FACEBOOK:  www.facebook.com/siteoblogueiro THREADS:   www.threads.net/@oblogueirooficial TWITTER:   www.twitter.com/siteoblogueiro CLIQUE  AQUI   E INSC

As soft skills vão dominar o ambiente corporativo?

As soft skills vêm se tornando cada vez mais importantes no mercado de trabalho. O termo significa as habilidades comportamentais relacionadas a como as pessoas lidam umas com as outras ou consigo mesmas. Dentre elas, podem ser citadas a inteligência emocional, a resiliência e a organização. São, portanto, diferentes das hard skills, que se referem às habilidades técnicas de cada um.
 

Segundo pesquisa da consultora McKinsey, a estimativa é de que até 2030 o crescimento da demanda por habilidades emocionais seja de 26% nos Estados Unidos e de 22% na Europa e que hoje as capacidades de liderança e de gestão já se tornaram prioridade para a maioria das organizações.
 

Um levantamento da Forbes demonstrou que, em 2022, 45% de todos os empregos anunciados no LinkedIn Premium mencionavam a importância das habilidades de comunicação e que mais de 61% dos profissionais dizem que as soft skills no local de trabalho são tão importantes quanto as hard skills. Esses dados estão em crescimento desde a pandemia de covid-19, com a automatização de processos e com o trabalho remoto, que exigem menos conhecimentos técnicos e mais capacidade de se relacionar.
 

"As competências técnicas no mundo on-line em que vivemos são muito fáceis de adquirir. Temos cursos, vídeos, toda forma de aprendizado, principalmente no mundo online", explica Rafaela Cozar, head de gestão e inovação na Roda Brasil Logística, transportadora que tem como foco organizacional o investimento em tecnologia e em gestão profissional. "Agora, o mesmo não acontece com as soft skills; elas precisam ser desenvolvidas de dentro para fora e dependem da maturidade e da vivência de cada indivíduo. Elas precisam ser buscadas e o profissional, acima de tudo, precisa querer desenvolvê-las".
 

Para Rafaela, as habilidades que mais se destacam são resiliência, organização, gestão do tempo e capacidade de resolução de problemas. "Os desafios do dia a dia nos moldam como indivíduos e precisamos saber usar isso a nosso favor e aprendermos e sermos melhores com eles. Assim, os desafios deixam de ser problemas e podem ser encarados como melhorias", comenta. Mesmo que as soft skills não sejam adquiridas apenas com cursos e aprendizados, ainda assim é possível desenvolvê-las.
 

"É necessário fazer um exercício de autoconhecimento", explica a head de gestão e inovação. "Na prática, temos que refletir sobre como agimos em situações do dia a dia e sobre como devemos agir se tivéssemos pensado na situação antes. Muitas vezes, as perguntas são mais importantes do que as respostas".
 

E é responsabilidade das empresas ajudarem nesse desenvolvimento, também: "Conhecendo o colaborador, e sabendo onde pode chegar, podemos entregar novos desafios que vão permitir desenvolver essas competências".
 

Uma vez desenvolvidas certas soft skills, é importante que os profissionais saibam demonstrar seus pontos fortes. "É por meio de situações e de desafios de seu trabalho que ele consegue demonstrar isso. Assim, sempre aconselho que guarde suas conquistas, anotando e colocando quais competências foram determinantes para alcançá-las. Isso trará clareza e ajudará na reflexão do que já está legal e do que ainda precisa ser trabalhado e servirá como material para poder compor seu perfil profissional, ajudando a crescer na carreira", completa Rafaela.


SIGA NAS REDES SOCIAIS:



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE !




VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

"Acampamento de Magia para Jovens Bruxos" estreia no Gloob na próxima sexta-feira, dia 12

MODA: Podyh AW24

Indústria brasileira desacelera diversificação do portfólio no primeiro trimestre

ESPORTES: YoPRO anuncia sua primeira corrida em parceria com Norte Marketing

Atlantica Hospitality International lança empreendimento na região da Avenida Paulista em São Paulo

Tarkett cria piso vinílico que facilita paginações criativas

#RespeitaMeuCapelo: chapéu de formatura é recriado para atender cabelos de pessoas negras

Com marcas como TIM, PRIO, Hashdex e Invest.Rio e nomes de peso no conselho, Instituto 12 nasce no coração do Leblon para fomentar a inovação no Rio

Empreendedorismo Familiar e superação: Do garoto vendedor de cocada na Zona Leste à CEO de 3 empresas, e sócio do Káka Diniz e João Kepler