Pretah leva samba, MPB e sons regionais ao Palco Sesc

Imagem
Foto: Divulgação  Quarta-feira 17/04, é dia de Palco Sesc e quem se apresenta desta vez é a cantora  Pretah . A ação é parceria do  Sesc Cultura , integrante do Sistema Comércio e  Shopping Campo Grande  . A apresentação começa às 18h30, na praça de alimentação, aberta ao público. Pretah apresenta um repertório repleto de músicas brasileiras, como samba, incluindo também canções de compositores regionais. Serviço – Informações pelo telefone (67) 3311-4300 ou pelo WhatsApp (67) 3311-4417. Acompanhe as ações do Sesc Cultura @sescculturams e Facebook/sescculturams e no aplicativo "Encontre no Sesc". CLIQUE E FALE COMIGO: @OBLOGUEIROOFICIAL SIGA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM:   www.instagram.com/oblogueirooficial PINTEREST:   www.br.pinterest.com/oblogueirooficial TIKTOK:  www.tiktok.com/@oblogueirooficial FACEBOOK:  www.facebook.com/siteoblogueiro THREADS:   www.threads.net/@oblogueirooficial TWITTER:   www.twitter.com/siteoblogueiro CLIQUE  AQUI   E INSC

Como diminuir o abandono de carrinho no e-commerce?


*Por Lucas Castellani, fundador e CEO da Cartpanda
 

Lucas Castellani, CEO da Cartpanda (imagem: reprodução)


Com o crescente custo dos anúncios de tráfego pago e o aumento da concorrência no ramo do e-commerce, é cada vez mais importante garantir que os clientes cheguem até o final do funil de compra e façam o pagamento. Essa é uma das maiores lutas das lojas virtuais atualmente.

Afinal, o que fazer para conquistar aquele cliente que está quase fugindo do checkout? Como separar o cliente que realmente tem intenção de comprar dos curiosos? Ao longo desse artigo, vou explorar esses principais temas e dar algumas dicas para transformar o seu checkout em uma máquina de vendas concluída.


O que é abandono de carrinho?
Caso você nunca tenha ouvido esse termo antes, carrinho abandonado é o que o próprio nome sugere: o cliente navega pela loja, escolhe alguns produtos, os adiciona ao carrinho, chega até o checkout para efetuar o pagamento e, por algum motivo, desiste da compra. De certa forma, esse é um fenômeno comum e inevitável no e-commerce, já que é impossível erradicar 100% dos carrinhos abandonados. Mas podemos tomar algumas medidas para diminuir a desistência da transação.


Por que os clientes desistem da compra?

Antes de partir para a questão prática e tomar medidas para reduzir o abandono de carrinho, precisamos entender porque os clientes desistem da compra. Existem vários motivos, mas vamos focar nos três mais comuns: oferta ruim, checkout mal elaborado e desistência de fato.


Checkout mal elaborado
É um dos pontos mais importantes. Quando o seu checkout não conversa com o visual da sua loja, isso imediatamente gera um alerta no cliente. Ele já fica com um pé atrás em finalizar a compra nesse site, pois há uma quebra na experiência dele. Seu checkout precisa ser simples, bonito, otimizado e, acima de tudo, encaixar com o design da sua loja. É importante que o comprador se sinta seguro e veja que está comprando de uma loja confiável. Checkouts lentos e com visual desagradável são praticamente um repelente para os consumidores. É por isso que você deve procurar oferecer ao cliente um checkout transparente e de confiança para utilizar em sua loja online.


Oferta ruim
Pode ser que o cliente estivesse meio interessado no produto, mas faltou alguma coisa para fechar o negócio. O preço do seu produto pode até ser diferente da média do mercado, mas o cliente precisa sentir que você está entregando valor nessa compra.


Às vezes é mais fácil vender um produto de R$199 que tenha uma boa construção de valor, do que o mesmo produto por R$99 sem uma boa descrição e boas imagens, que trazem uma noção do que esse cliente está comprando. Uma dica valiosa que posso compartilhar é: vender o benefício, não o produto. Isso significa que, se pretende vender um smartwatch em sua loja? Então vender todas as vantagens que ele pode trazer para o usuário, como um controle melhor da saúde, mais praticidade em conferir notificações e outros diferenciais com aplicação prática, por exemplo.
 

Desistência
É importante entender que em alguns casos, simplesmente não há o que ser feito. Você pode ter o melhor checkout do mundo, a melhor oferta e uma promoção imbatível e, mesmo assim, o cliente pode vir a desistir da compra. Às vezes, o consumidor estava só entediado, olhando vitrines pela internet e simulando compras sem uma intenção verdadeira de comprar. Ou, em outros casos, ele chegou no checkout e descobriu que o frete para casa dele é muito caro e/ou muito demorado. Como indicado no início do artigo, carrinhos abandonados são uma parte inevitável do e-commerce, mas existem algumas medidas que podemos tomar para reduzir este movimento.
 

Dicas para melhorar o checkout da sua loja
A primeira dica é algo que já falei aqui antes, porém, ela precisa ser reforçada: o visual do seu checkout precisa encaixar com o visual da sua loja online. Isso impacta diretamente na confiança do comprador. Uma pessoa insegura não vai fechar uma compra na sua loja.

 

A segunda dica é relacionada com a velocidade do checkout. Muitos consumidores são impacientes e não vão esperar o sistema carregar, portanto, escolha uma plataforma que pode te oferecer uma ferramenta veloz, de alta performance. Vale a pena também reduzir o número de imagens pesadas que são usadas na programação. Vídeos e gifs então, nem pensar.


A última dica é: quanto mais limpo o visual do seu checkout, melhor. Evite ter distrações ou coisas que possam tirar a atenção dessa pessoa. Ao chegar nos finalmentes da compra, ela deve ter um único objetivo em mente, finalizar essa transação. Em alguns casos é até melhor nem colocar um botão que permita a volta para o carrinho ou para a loja, pois, queremos manter o consumidor nesta tela, já que assim, há mais chances de que finalize o pedido.
 

Outras ideias para lidar com carrinhos abandonados
Quando não for possível evitar que a pessoa abandone a compra, o que fazer? Bom, nesse caso entra a famosa estratégia de recuperação de carrinhos. Esse é um aspecto muito importante de qualquer loja online, uma boa recuperação de carrinhos pode gerar bastante retorno para a empresa. Para isso, é possível utilizar o WhatsApp, e-mail ou até mesmo SMS. Sendo que ainda existem algumas ferramentas que praticamente automatizam esse processo.

 

Se a sua loja já estiver nesse ponto de escala, ter uma equipe dedicada para a recuperação de carrinhos é uma ótima ideia. Além disso, conversando com esses clientes você poderá tentar entender o que os fez abandonar a compra e com isso, será possível corrigir esses pontos para evitar novos abandonos no futuro.


*Lucas Castellani começou a empreender na internet desde jovem. Com menos de 30 anos, criou uma plataforma de e-commerce, hoje extinta, que chegou a faturar mais de R$25 milhões de reais em vendas no mundo todo. Após perceber que o mercado brasileiro estava precisando de melhores plataformas para vender online, começou a trabalhar com a Cartpanda que, em 2021, foi apoiada pela Y Combinator - uma das maiores aceleradoras do mundo.

 


SIGA NAS REDES SOCIAIS:



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE !










VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

"Acampamento de Magia para Jovens Bruxos" estreia no Gloob na próxima sexta-feira, dia 12

MODA: Podyh AW24

Indústria brasileira desacelera diversificação do portfólio no primeiro trimestre

ESPORTES: YoPRO anuncia sua primeira corrida em parceria com Norte Marketing

Atlantica Hospitality International lança empreendimento na região da Avenida Paulista em São Paulo

Tarkett cria piso vinílico que facilita paginações criativas

#RespeitaMeuCapelo: chapéu de formatura é recriado para atender cabelos de pessoas negras

Com marcas como TIM, PRIO, Hashdex e Invest.Rio e nomes de peso no conselho, Instituto 12 nasce no coração do Leblon para fomentar a inovação no Rio

Empreendedorismo Familiar e superação: Do garoto vendedor de cocada na Zona Leste à CEO de 3 empresas, e sócio do Káka Diniz e João Kepler