MODA: Bruna Marquezine se emociona em entrevista com Silvia Braz durante a Paris Fashion Week

Imagem
A atriz e a comunicadora se encontraram no quarto de hotel da atriz que se emocionou ao falar de família, carreira, escolhas pessoais e sua auto descoberta por meio da moda Silvia Braz entrevista Bruna Marquezine | Créditos Marlon Brambilla Durante a Semana de Moda de Paris que acontece até terça-feira (5), Silvia Braz conduziu entrevista exclusiva com a atriz Bruna Marquezine que em meio a lágrimas e risadas, contou percepções da sua vida pessoal e espetacular carreira que iniciou aos 5 anos de idade.   Surpreendendo seus espectadores, Silvia Braz inovou ao direcionar os holofotes não só às passarelas, mas também às brasileiras inspiradoras. Na entrevista, Bruna Marquezine se abriu em uma conversa franca e reveladora. Emocionada revelou "Sempre que eu falo que comecei a trabalhar com 5 anos as pessoas pensam: 'nossa, a mãe dela deve ser mãe de miss'. Eu quero falar disso e eu fico com vontade de chorar porque eu hoje, muito nova, conquistei muita coisa.

SUSTENTABILIDADE: Mombora e eureciclo em prol do consumo sustentável


Em 2022 a certificadora reciclou junto a empresas do ramo alimentício, mais de 107 mil toneladas de embalagens tendo a foodtech em seu portfólio de clientes


No último ano, o setor de alimentos foi responsável por reciclar mais de 107 mil toneladas de embalagens junto à eureciclo, maior operadora  de logística reversa do país, que possui a missão de elevar as taxas de reciclagem do mercado. Hoje, as empresas do segmento, correspondem a 32% do total da base de clientes da empresa, que  conta com a  Mombora, indústria de alimentos com ingredientes 100% naturais e nativos do bioma brasileiro.

Com o selo eureciclo de compensação ambiental aplicado em suas embalagens, a foodtech atribui visibilidade a cadeia de reciclagem, a fim de promover entre os consumidores uma revolução sustentável, com confiabilidade e segurança. As marcas que o utilizam comprovam seu alinhamento ao trabalho de reciclagem e contribuem para evitar impactos negativos ao meio ambiente, fazendo a compensação de pelo menos 22% do volume total de embalagens vendidas, que no caso da Mombora é de 100%. 

"Temos na Mombora valores claros de responsabilidade ambiental e respeito às florestas, transmitindo aos nossos consumidores estes ideais por meio das nossas ações e investindo cada vez mais em um modelo de produção consciente", afirma João Pedro Solano, CEO da Mombora. 

A foodtech é, atualmente, a única em seu mercado com aposta 100% natural, com o diferencial de promover a biodiversidade, incentivar a regeneração das florestas, cuidar do meio ambiente e investir nas melhores práticas em toda cadeia, atribuindo valor às frutas típicas do país para suas produções e apoio a agricultura familiar. 

"Quando uma marca importante como a Mombora faz a compensação ambiental de um volume superior ao que é exigido pela lei, ela reforça o seu compromisso com o planeta e com as pessoas, e inspira mais empresas a fazerem o mesmo. Isso acaba influenciando positivamente todo o ecossistema", explica Juliana Bonato,  desenvolvedora de negócios da eureciclo.

Como funciona
No caso da Mombora, o selo eureciclo informa e garante que a marca vai além da obrigação legal e compensa toda a emissão de embalagens, anulando o impacto da sua atuação na natureza

A certificação garante o rastreamento do processo de reciclagem, por meio de uma plataforma tecnológica, garantindo que não haja inconsistências.

O modelo utilizado é a compensação ambiental, uma das alternativas para viabilizar a logística reversa, considerando a dimensão do território brasileiro, que dificulta a recuperação das embalagens próprias. Ao direcionar para reciclagem resíduos equivalentes aos seus, em peso e material, as empresas de bens de consumo, remuneram as centrais de triagem (cooperativas e operadores) pelo serviço ambiental prestado e recebem os Certificados de Reciclagem como forma de comprovação legal. É um mecanismo financeiro que ajuda a equilibrar os impactos dos resíduos sólidos na natureza, incentiva a cadeia de reciclagem de materiais complexos e oferece sustentabilidade financeira para o setor.

 




Por @oblogueirooficial



SIGA NAS REDES SOCIAIS



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE





VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

MODA: Podyh AW24

NEGÓCIOS: Franquias que faturam ainda mais no verão, conheça opções para diversificar (e esquentar) seus investimentos

NEGÓCIOS: Startups do Cubo Itaú recebem R$2,8 bilhões de investimento em 2023

NEGÓCIOS: San Paolo reforça time de marketing para acelerar expansão da marca no Brasil

MODA: C&A lança segunda coleção de jeans rastreável em parceria com o movimento Sou de Algodão

NEGÓCIOS: Dia Internacional da Mulher, 10 empreendedoras para conhecer e se inspirar

DECORAÇÃO: Com Casa 214, Boticário aposta em mercado em ascensão e anuncia a chegada de produtos focados em aromas para casa

TURISMO: Fairmont Rio de Janeiro anuncia a segunda edição do Fairmont Rio Golf Weekend

NEGÓCIOS: Skala Cosméticos recebe investimento estratégico da Advent