TÜV Rheinland é agora um Laboratório de Testes Autorizado da Wi-Fi Alliance(R)

Imagem
Certificação garante que produtos atendem a rigorosos requisitos de interoperabilidade com o protocolo Wi-Fi 7   A TÜV Rheinland, líder global em serviços de teste, inspeção e certificação, acaba de ser designada como Laboratório de Testes Autorizado (Authorized Test Laboratory - ATL) da Wi-Fi Alliance®, e passa a ter atuação global, com capacidade de apoiar clientes no mundo todo.   O programa Wi-Fi CERTIFIED™ garante interoperabilidade testada e comprovada entre dispositivos Wi-Fi®. Esta certificação dá aos usuários a confiança de que os produtos Wi-Fi com o logotipo Wi-Fi CERTIFIED atendem a rigorosos requisitos de interoperabilidade.   "Tornar-se um Laboratório de Testes Autorizado em nível global representa um passo importante no fortalecimento da nossa liderança, bem como na demonstração da nossa capacidade para prestação de serviços de teste de tecnologias sem fio, particularmente no contexto da Internet das Coisas. Sabemos que o setor de tecnologia é um dos

A Ascensão dos Fundos de Previdência

 

No Brasil, os fundos de previdência surgem como uma ferramenta valiosa para investidores com visão de longo prazo. Esses fundos não se limitam a ser apenas uma opção de investimento, eles também oferecem vantagens fiscais significativas, agregando ainda mais atratividade. Além disso, estamos diante de uma categoria de fundos em constante evolução, refletindo adaptações às novas realidades do mercado e às novas regulações. Esta dinâmica assegura que os fundos de previdência permaneçam como uma opção relevante para quem busca complementar seu portfólio, combinando crescimento do patrimônio com eficiência fiscal no longo prazo.

 

Ao examinarmos o crescimento do patrimônio total da indústria de fundos brasileira, com especial atenção ao segmento de previdência, observa-se um avanço consistente, destacando seu papel cada vez mais proeminente no leque de opções oferecidas aos investidores.

 

 

Não apenas em termos de crescimento absoluto, mas também quando olhamos para as proporções, os fundos de previdência aparecem como uma das categorias com maior expansão. Ao analisar a variação do patrimônio nos últimos 10 anos, a classe de Ações lidera, com um crescimento de 246%, mas a Previdência segue de perto, com um aumento de 245,72%. Essa evolução quase idêntica sublinha a crescente popularidade da previdência privada como alternativa de investimento. Esse avanço reflete tanto a maturidade crescente dos investidores brasileiros quanto a evolução das estratégias de investimento disponíveis, indicando um amadurecimento tanto do mercado quanto das opções de previdência privada.

 

 

A evolução do patrimônio e o fluxo de recursos entre diferentes classes de investimento também são indicativos importantes do comportamento do investidor. No caso dos fundos de previdência, o avanço considerável em captação ao longo dos últimos anos. Esse interesse pode ser atribuído a vários fatores, incluindo benefícios fiscais, a busca por uma melhor alocação e opções de investimentos, evolução dos produtos e a conscientização sobre a necessidade de planejamento com foco em um horizonte maior de tempo.

 

 

A captação positiva estável dos fundos de previdência contrasta com o as demais classes de fundos, que apresentaram fluxos menos favoráveis. Fundos de como Renda Fixa, Ações e Multimercados tiveram retiradas líquidas expressivas em anos marcados por instabilidades — especificamente em 2008, 2014, 2015, e mais recentemente em 2022 e 2023.

 

A crescente sofisticação do mercado se reflete na multiplicidade de subclasses e estratégias disponíveis, atendendo a uma diversidade de perfis e objetivos de investidores. Esa segmentação oferece desde opções conservadoras até estratégias com maiores relações risco x retorno. No gráfico abaixo é possível compreendemos as principais relações entre o risco e o retorno anualizado em uma janela de 5 anos para as principais alocações dos fundos de previdência.

 

 

As subclasses de fundos de previdência "Duração Alta Soberano" e "Data Alvo" são exemplos da variedade disponível no mercado, com volatilidades anualizadas de 4,71% e 6,11% e ambos entregando um retorno anualizado de 8,2%. Estas opções atraem investidores que buscam um portfólio mais estável e retornos consistentes. As subclasses "Duração Baixa Soberano" e "Duração Média Soberano", com volatilidades de 0,32% e 0,27% e retornos de 7,8% e 7,7%, são alinhadas para aqueles que dão prioridade na proteção do capital.


Por outro lado, as subclasses "Duração Livre Soberano" e "Duração Livre Grau de Investimento", apresentando volatilidades de até 1,05% e retornos superiores a 7,5%, atendem à demanda por uma certa flexibilidade, mantendo um perfil conservador de investimento. As subclasses "Duração Alta Grau de Investimento" e "Duração Média Grau de Investimento", com volatilidades de 2,78% e 0,90% e retornos de 7,4% e 7,1%, são opções equilibradas para investidores interessados em uma gestão de crédito mais ativa sem incorrer em riscos excessivos.



A subclassificação "Multimercados Livres" indica uma estratégia de investimento que explora diversas frentes do mercado com uma volatilidade de 4,56% e retorno de 7,1%, refletindo uma abordagem mais diversificada e moderadamente arriscada.



No extremo mais arriscado, os fundos "Ações Indexados" e "Ações Ativo" apresentam volatilidades significativas de 26,30% e 26,01% com retornos de 5,8% e 4,2%, respectivamente, sugerindo uma maior tolerância ao risco em troca da perspectiva de ganhos substanciais a longo prazo para os investidores com maior apetite ao risco.

 

Ao comparar com os principais benchmarks do mercado, como o IBOV com uma volatilidade de 26,49% e um retorno de 5,17%, o IHFA com 5,15% de volatilidade e 7,84% de retorno, o IMA-B com 7,29% de volatilidade e um retorno de 8,63%, o IRF-M com 3,84% de volatilidade e 8,13% de retorno, e o CDI com uma volatilidade perto de zero e retorno de 7,83%, oferecem contextos importantes para a avaliação da performance das subclasses de fundos de previdência em relação aos indicadores do mercado mais amplo.



Ao analisar de forma geral os fundos de previdência, observamos que eles representam não apenas uma opção de investimento com vantagens fiscais, mas também um veículo cada vez mais diversificado e ajustado às necessidades de investidores. O mercado de previdência, ilustra uma indústria em ascensão, com uma performance sólida em meio a diversas opções de alocação que equilibram risco e retorno. Diante de um panorama de avanço consistente e adaptações estratégicas, os fundos de previdência se afirmam como uma boa opção para aqueles que buscam a combinação de crescimento patrimonial e benefícios tributários, dentro de um cenário econômico que desafia investidores a encontrarem estabilidade e crescimento.

 


SIGA NAS REDES SOCIAIS:



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE !



VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

"Acampamento de Magia para Jovens Bruxos" estreia no Gloob na próxima sexta-feira, dia 12

MODA: Podyh AW24

Indústria brasileira desacelera diversificação do portfólio no primeiro trimestre

ESPORTES: YoPRO anuncia sua primeira corrida em parceria com Norte Marketing

Novo Nordisk é a única farmacêutica presente no Web Summit 2024

Atlantica Hospitality International lança empreendimento na região da Avenida Paulista em São Paulo

Tarkett cria piso vinílico que facilita paginações criativas

Fairmont Rio de Janeiro Copacabana recebe recital exclusivo de Andrea Bocelli

Empreendedorismo Familiar e superação: Do garoto vendedor de cocada na Zona Leste à CEO de 3 empresas, e sócio do Káka Diniz e João Kepler