Pretah leva samba, MPB e sons regionais ao Palco Sesc

Imagem
Foto: Divulgação  Quarta-feira 17/04, é dia de Palco Sesc e quem se apresenta desta vez é a cantora  Pretah . A ação é parceria do  Sesc Cultura , integrante do Sistema Comércio e  Shopping Campo Grande  . A apresentação começa às 18h30, na praça de alimentação, aberta ao público. Pretah apresenta um repertório repleto de músicas brasileiras, como samba, incluindo também canções de compositores regionais. Serviço – Informações pelo telefone (67) 3311-4300 ou pelo WhatsApp (67) 3311-4417. Acompanhe as ações do Sesc Cultura @sescculturams e Facebook/sescculturams e no aplicativo "Encontre no Sesc". CLIQUE E FALE COMIGO: @OBLOGUEIROOFICIAL SIGA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM:   www.instagram.com/oblogueirooficial PINTEREST:   www.br.pinterest.com/oblogueirooficial TIKTOK:  www.tiktok.com/@oblogueirooficial FACEBOOK:  www.facebook.com/siteoblogueiro THREADS:   www.threads.net/@oblogueirooficial TWITTER:   www.twitter.com/siteoblogueiro CLIQUE  AQUI   E INSC

'Curvas de Mais' Influencer Carol Lekker afirma que suas medidas a impediram de concorrer ao título de Miss Brasil

 

foto: divulgação CO - Assessoria


 

A ex Miss Bumbum Carol Lekker, afirma qua antes de se inscrever para o concurso, ela tentou por diversas vezes participar do Miss Brasil. No entanto, um obstáculo surgiu em seu caminho, "Minhas curvas não se encaixavam nos restritos parâmetros de medidas do concurso, o que fez com que eu desistisse" comentou.
 

"Eu sempre tive o sonho de representar meu país como Miss Brasil, mas infelizmente, minhas medidas me impediram de alcançar esse objetivo", confessa Carol Lekker. "Foi frustrante perceber que algo tão natural como o meu corpo estava me impedindo de realizar meu sonho."
 

As exigências do concurso Miss Brasil são conhecidas por serem rigorosas, com critérios específicos para altura, peso e proporções corporais. Para Carol, que sempre abraçou suas curvas como parte de sua identidade, a notícia de que sua constituição física a excluía da competição foi um golpe duro.
"Eu não me encaixava no molde que eles queriam", lamenta Carol. "Foi uma lição difícil sobre os padrões de beleza impostos pela sociedade e como eles podem ser excluíntes."
 

No entanto, mesmo diante dessa decepção, Carol não se deixou abater. Em vez disso, ela decidiu trilhar um caminho diferente, um que celebrasse e honrasse suas curvas em vez de reprimi-las. Em 2022, ela se inscreveu no concurso Miss Bumbum, onde suas curvas foram não apenas aceitas, mas também celebradas.
 

"Foi uma jornada de autodescoberta e aceitação", reflete Carol sobre sua participação no Miss Bumbum. "Finalmente, eu pude competir em um palco onde não era julgada por não atender a padrões inatingíveis de beleza."
 

A vitória de Carol no Miss Bumbum não apenas a coroou como uma rainha das curvas, mas também a tornou uma voz poderosa na luta pela diversidade e inclusão no mundo dos concursos de beleza.

"A beleza vem em todas as formas e tamanhos", proclama Carol com determinação. "Não deveria haver limites para quem pode competir e quem não pode com base em medidas pré-determinadas."


 

foto: divulgação CO - Assessoria


SIGA NAS REDES SOCIAIS:



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE !


PARA DIVULGAÇÃO CLIQUE E FALE COMIGO: @OBLOGUEIROOFICIAL






VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

"Acampamento de Magia para Jovens Bruxos" estreia no Gloob na próxima sexta-feira, dia 12

MODA: Podyh AW24

Indústria brasileira desacelera diversificação do portfólio no primeiro trimestre

ESPORTES: YoPRO anuncia sua primeira corrida em parceria com Norte Marketing

Atlantica Hospitality International lança empreendimento na região da Avenida Paulista em São Paulo

Tarkett cria piso vinílico que facilita paginações criativas

#RespeitaMeuCapelo: chapéu de formatura é recriado para atender cabelos de pessoas negras

Com marcas como TIM, PRIO, Hashdex e Invest.Rio e nomes de peso no conselho, Instituto 12 nasce no coração do Leblon para fomentar a inovação no Rio

Empreendedorismo Familiar e superação: Do garoto vendedor de cocada na Zona Leste à CEO de 3 empresas, e sócio do Káka Diniz e João Kepler