GASTRONOMIA: Para os dias de outono, aprenda a fazer chocolate quente

Imagem
Toque final fica por conta da farofinha de biscoito. Foto: Divulgação Para as noites de outono, nada como uma bebida doce quentinha. Aprenda a fazer chocolate quente com farofinha de biscoito como toque final e surpreenda-se! Confira o modo de preparo abaixo: Ingredientes: 1 lata de leite condensado 1 colher (sopa) de amido de milho 1 litro de leite 4 colheres (sopa) de achocolatado em pó 100 g de chocolate ao leite picado 1 caixa de creme de leite (200 g) 1 colher (chá) de essência de baunilha 1 pacote de Biscoito Treloso recheado sabor chocolate Modo de preparo: - Em uma panela, adicione o leite condensado, o amido de milho dissolvido no leite, o achocolatado, o chocolate picado e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar levemente e o chocolate derreter por completo. - Retire do fogo e misture o creme de leite e a essência. - Sirva acompanhado de chantilly pronto e coloque Biscoito Treloso recheado sabor ch

Thermo King destaca as oportunidades do Operador Logístico Terceirizado (3PL) para o transporte refrigerado

 

Thermo King aponta as vantagens do processo conhecido como 3PL (Third Party Logistic) para manter a qualidade e a integridade dos produtos refrigerados
 

Divulgação - Thermo King


A cadeia do frio no Brasil desempenha um papel importante na preservação e distribuição de produtos sensíveis à temperatura, como alimentos perecíveis, medicamentos e vacinas. No centro dessa cadeia, encontra-se o serviço de terceirização logística (3PL ou Third Party Logistic, em inglês), essencial na eficiência e segurança do armazenamento e transporte refrigerado.

 

Entre as vantagens desse sistema, é possível citar a expertise especializada para lidar com os desafios específicos do transporte refrigerado, garantindo o cumprimento das regulamentações de temperatura e segurança alimentar; a redução de custos operacionais, como a manutenção de frota e armazenamento refrigerado, otimizando rotas e processos, resultando em eficiência operacional e redução de desperdícios; além da flexibilidade e escalabilidade que o 3PL oferece para as empresas adaptarem rapidamente sua capacidade de transporte conforme a demanda sazonal e de mercado, sem comprometer a qualidade ou a integridade dos produtos refrigerados.

 

O 3PL integra o rol de cinco etapas de um processo logístico. Na cadeia do frio, as etapas que se destacam são 2 e 3 (2PL e 3PL), que envolvem os transportadores contratados e têm a responsabilidade de manter a integridade do produto. "O 3PL é o processo de recebimento, armazenamento e distribuição para que estes produtos cheguem aos consumidores em perfeitas condições. Com crescimento exponencial de centros de distribuição e armazenamento (CDs) nos últimos 17 anos, segundo a Global Cold Chain Alliance, no Brasil, há espaço para crescer ainda mais", ressalta Lauro de Toledo Neto, gerente de Pré e Pós Vendas da Thermo King Brasil, empresa líder em soluções de controle de temperatura para o transporte.

 

"Na indústria de proteínas, por exemplo, em 2023, foram produzidos - segundo a Embrapa - cerca de 7 bilhões de frangos para abastecer tanto o mercado interno quanto o mercado externo. A questão da tecnologia envolvida nesse processo é fundamental, pois entre o nascimento e o abate são 40 dias e a estratégia de distribuição precisa ser muito bem organizada", ressalta Neto.

 

Para ele, entre os maiores desafios nesse sistema logístico está a capacitação da mão de obra no transporte refrigerado. "Na TK temos treinamentos para operar e utilizar todos os recursos do equipamento como, por exemplo, a pré-viagem. Trata-se de um check-up de forma automática que, ao final, informa se todos os componentes estão 100% funcionando corretamente", destaca Neto.

 

Outro desafio apontado pelo especialista é a integração de boas práticas, conforme estabelecido pela norma NBR 14701, que trata dos critérios e procedimentos do controle de temperatura no transporte. "A conformidade com as regulamentações do setor é fundamental para garantir a segurança dos produtos e a proteção aos consumidores. Nesse sentido, a Thermo King participa ativamente difundindo todos esses níveis para embarcar, transportar e distribuir produtos sensíveis à temperatura", explica.

 

Outros obstáculos estão na própria infraestrutura logística, especialmente em regiões mais distantes dos centros urbanos, o que pode impactar a eficiência da cadeia do frio, além de investimentos em tecnologia. "A adoção de tecnologias inovadoras, como IoT (Internet das Coisas), blockchain e inteligência artificial, pode otimizar ainda mais a gestão do transporte refrigerado, oferecendo maior precisão, eficiência e transparência em todos os processos logísticos. Embora alguns paradigmas já tenham sido superados, ainda é preciso avançar mais", completa o especialista.

 

Tais desafios, no entanto, também podem ser observados como oportunidades para o 3PL na cadeia do frio. "Para contornar esse cenário, é preciso oferecer, além de expertise especializada, soluções inovadoras, como a telemetria, por exemplo. À medida que o setor de logística continua a evoluir, espera-se que o 3PL desempenhe um papel ainda mais estratégico na otimização da cadeia do frio e no atendimento às crescentes demandas do mercado nacional", finaliza Neto.

 




CLIQUE E FALE COMIGO:


🇧🇷 SIGA O BLOGUEIRO OFICIAL DO BRASIL NAS REDES SOCIAIS:



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE !



S O L I D A R I E D A D E
AJUDE A EQUIPE EM NOSSO TRABALHO SOCIAL,
FAÇA SEU PIX COM QR CODE E COLABORE COM QUALQUER VALOR:





VEJA TAMBÉM:

Rita Cadillac grava vídeo pornô com criador de conteúdo adulto Jefão

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

CELEBRIDADES: Ex-BBB Nizam publica novo ensaio nu

Ferragamo Hug Bag

Indústria brasileira desacelera diversificação do portfólio no primeiro trimestre

MODA: Podyh AW24

INTERNET: Nizam publica foto totalmente nu e choca a web

Céu lança Novela

SOLIDARIEDADE: ‘Sábado Solidário’ arrecadas mais de 40 toneladas de doações

ENTRETENIMENTO: Turnê do Natiruts muda para o Engenhão e ajuda vítimas do Rio Grande do Sul