LITERATURA: Com migração para a nuvem privada Leiturinha diminui lead time, melhora produtos e a experiência dos clientes

Imagem
Imagem: Divulgação   A Leiturinha tem experimentado todos os benefícios da nuvem privada e melhorado seus processos internos, conseguindo assim entregar uma melhor experiência aos seus clientes.   Considerada o maior clube de assinaturas de livros infantis do Brasil, a Leiturinha é uma das divisões de negócios do Sandbox Group e está localizada em Poços de Caldas (MG). Todos os meses, a divisão gera em torno de 210 a 220 mil envios de livros ou kits de livros, para atender a sua base de 190 mil assinantes ativos, o que representa uma produção diária de quase 10 mil kits por dia.   Muitos são os desafios para atender essa demanda, manter o ritmo e também tornar esse processo escalado para que se consiga cada vez mais diminuir o lead time da entrega para o cliente, melhorando a experiência final. Pensando em melhorar cada vez mais seus processos, há pouco mais de um ano, a empresa buscou a Wevy para fazer a migração do seu ERP da nuvem pública para a nuvem privada.  

Cinco maneiras de se preparar no idioma e evitar perrengues durante o intercâmbio

O cenário atual mostra que apenas 5% da população fala inglês, e somente 1% possui fluência no idioma, de acordo com o British Council

 

(Imagem: Unsplash)

 

 

Um dos desejos dos brasileiros é realizar um intercâmbio. A nova pesquisa selo Belta (Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio), lançada na última quinta (23/5), mostrou que 85,7% dos estudantes têm interesse em vivenciar essa experiência internacional até 2026. Além de se planejar financeiramente, é necessário aprimorar o idioma, especialmente para evitar dificuldades no país de destino.

 

Entre os cursos mais procurados, o inglês se destaca em 1° lugar, segundo a pesquisa Selo Belta. Preparar-se no idioma antes de uma viagem pode fazer toda a diferença durante a estadia em outro país, tornando-a mais agradável, segura e significativa. Isso também vale para outros idiomas, dependendo do país escolhido para o programa de intercâmbio.

 

"Aprofundar-se na cultura local e interagir com as pessoas pode enriquecer significativamente a experiência. Conhecendo o idioma, o aluno entende melhor a vida cotidiana da região e ganha mais confiança na hora de se comunicar, evitando situações desconfortáveis, como em um restaurante ou ao pedir um táxi. Além disso, descobre aventuras mais autênticas, sentindo-se mais confiante para aproveitá-las até mesmo sozinho", explica Alexandre Argenta, Presidente da Belta.

 

O cenário atual mostra que apenas 5% da população fala inglês, e somente 1% possui fluência no idioma, de acordo com um estudo realizado pelo British Council. Não é à toa que o curso de idioma aparece na 1ª posição quando o assunto são os programas mais comercializados, como aponta a Pesquisa Belta. Os brasileiros desejam capacitar-se cada vez mais no inglês para terem carreiras mais bem-sucedidas e oportunidades mais vantajosas.

 

Para garantir que um intercambista não enfrente nenhum contratempo durante seu período de estudos em um país estrangeiro, Desiree Chantre, analista de marketing da Belta, sugere cinco formas de preparar o idioma antes de embarcar:

 

1 - Música: ouvir músicas prediletas várias vezes ajuda a reforçar o aprendizado sem que pareça monótono. As letras das músicas contêm uma grande variedade de palavras, o que ajuda a expandir o vocabulário;

 

2 - Séries: além da compreensão auditiva, as séries apresentam um contexto visual, através dos gestos e expressões faciais dos atores, o que ajuda a entender o contexto transmitido;

 

3 - Aplicativo de Conversação: os aplicativos conectam o estudante com falantes nativos, proporcionando a oportunidade de praticar conversação em tempo real. Isso auxilia no desenvolvimento da fluência e da confiança ao falar;

 

4 - Livros Infantis: geralmente, eles utilizam um formato que conecta o leitor a uma linguagem mais simples, com frases curtas, o que auxilia na compreensão do básico do idioma. Isso ajuda a construir uma base sólida de vocabulário e gramática de forma lúdica;

 

5 - Games: os jogos permitem uma imersão linguística ao colocar os jogadores em ambientes onde o inglês é a língua principal. Por meio de comandos, eles aprendem novas palavras de forma divertida.

 

Saiba mais sobre as oportunidades de intercâmbio, aqui!

 





PARA ANUNCIAR CLIQUE E FALE COMIGO:


🇧🇷 SIGA O BLOGUEIRO OFICIAL DO BRASIL NAS REDES SOCIAIS:



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE !




VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

Rita Cadillac grava vídeo pornô com criador de conteúdo adulto Jefão

INTERNET: Nizam publica foto totalmente nu e choca a web

POLÍTICA: ‘Segurança cibernética eficiente depende da colaboração de todos’, diz Juscelino Filho em seminário com lideranças mundiais

Ferragamo Hug Bag

MODA: Podyh AW24

SOLIDARIEDADE: ‘Sábado Solidário’ arrecadas mais de 40 toneladas de doações

Céu lança Novela

BRASIL BRAU: Abertura do evento apresenta Anuário da Cerveja 2024, perspectivas do mercado e lançamento solidário em prol do Rio Grande do Sul

CELEBRIDADES: Ex-BBB Nizam publica novo ensaio nu